Mercado fechado

iOS 16 da Apple deixa usuário personalizar tela de bloqueio e editar mensagens

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Apple lançou nesta segunda (12) o iOS 16, nova versão do sistema operacional dos iPhones. A atualização ganhou atenção na última quarta (7), quando a empresa anunciou a nova linha de celulares, relógios e fones de ouvido.

Entre as novidades, usuários da marca agora poderão personalizar a tela de bloqueio, editar e apagar dados enviados pelo aplicativo de mensagens e criar pastas de fotos compartilhadas no iCloud.

O iOS 16 é compatível com os aparelhos a partir do iPhone 8, lançado em 2017. Nos iPhones 14, anunciados na semana passada, a atualização já vem de fábrica. Para as versões mais antigas (8, X, 11, 12, 13 e SE), os usuários precisam atualizar o aparelho nas configurações do celular.

Agora, a tela de bloqueio do iPhone terá widgets indicando próximos eventos do calendário, previsões do tempo, nível da bateria, alarmes, entre outros -funcionalidades conhecidas há anos por usuários de Android.

No aplicativo de mensagens do iPhone, os usuários agora poderão editar os envios em até 15 minutos e deletar em até dois minutos.

O chamado Texto ao Vivo, ferramenta que reconhece textos de imagens, agora funciona com vídeos pausados e recebeu melhorias para converter moedas e traduzir textos de outras línguas.

Além disso, a fototeca do iCloud vai permitir que os usuários criem uma biblioteca compartilhada com até seis pessoas. Os integrantes poderão acessar, excluir e editar fotos e vídeos.

No aplicativo nativo de emails (Mail), será possível agendar mensagens com antecedência e desfazer o envio alguns instantes depois de feito.

O iOS 16 foi anunciado no WWDC (Worldwide Developers Conference) deste ano. O evento é voltado para programadores e ocorre anualmente na sede da Apple, nos Estados Unidos.