Mercado fechado

Iochpe-Maxion diz que não descumpriu índice financeiro previsto em debêntures

Allan Ravagnani

A companhia também disse que a expectativa de piora do cenário econômico e dos resultados financeiros fez com que a empresa antecipasse discussões A Iochpe-Maxion disse, em resposta a matéria publicada ontem no Valor sobre convocação de debenturistas, que a expectativa de piora do cenário econômico e dos resultados financeiros fez com que a empresa antecipasse discussões com os debenturistas e agentes fiduciários a concessão de renúncia e perdão temporários para eventual não observância do índice financeiro previsto nas debêntures.

“Convém informar que a informação citada na matéria ‘a regra é que elas não podem apresentar alavancagem, medida pela relação entre a dívida líquida e o Ebitda, maior que 3 vezes’ é incorreta”, diz o comunicado, citando que o índice previsto nas escrituras corresponde a uma relação entre dívida líquida e o Ebitda Ajustado de 3,5 vezes.

A companhia disse também que em março de 2020, a relação dívida líquida e o Ebitda era de 3 vezes, conforme o divulgado nas informações financeiras trimestrais, e que até o presente momento não houve qualquer descumprimento à cláusula de tal índice.

Considerando a evolução do assunto, o conselho de administração da companhia convocou, ontem, uma assembleia geral de debenturistas para o dia 26 de junho.