Mercado fechará em 1 h 45 min
  • BOVESPA

    101.730,30
    +1.177,86 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.494,61
    -174,64 (-0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,68
    +0,65 (+1,62%)
     
  • OURO

    1.902,10
    -27,40 (-1,42%)
     
  • BTC-USD

    13.059,02
    +2.002,01 (+18,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,44
    +7,34 (+2,86%)
     
  • S&P500

    3.449,21
    +13,65 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    28.326,13
    +115,31 (+0,41%)
     
  • FTSE

    5.785,65
    +9,15 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -165,19 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.598,50
    -92,75 (-0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5833
    -0,0667 (-1,00%)
     

Investimento em mineração no Brasil deve atingir US$40 bi em até 5 anos, diz Ibram

·1 minuto de leitura
Visão aérea da mina de minério de ferro de Carajás no Pará
Visão aérea da mina de minério de ferro de Carajás no Pará

SÃO PAULO (Reuters) - Os investimentos na mineração no Brasil nos próximos quatro a cinco anos devem atingir cerca de 40 bilhões de dólares, disse o presidente do Conselho do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Wilson Brumer, na abertura de seminário sobre financiamento e acesso ao mercado de capitais para o setor mineral.

Segundo ele, o Brasil tem enorme potencial para ser desenvolvido, e a ampliação de pesquisas minerais pela Agência Nacional de Mineração (ANM), "liberando centenas de áreas", permite que o setor eleve suas projeções de investimentos.

Na última sexta-feira, o Ibram havia elevado suas projeções de investimentos em novos projetos de mineração, expansões e gestão e segurança de barragens de rejeitos no Brasil em 4,5 bilhões de dólares, para 37 bilhões de dólares no período de 2020 a 2024, na comparação com uma cifra divulgada no início do ano.

O seminário sobre financiamento ao setor de mineração ocorre um dia depois de o governo brasileiro ter lançado um programa de Mineração e Desenvolvimento.

O programa tratará de mineração em novas áreas, incluindo indígenas, contemplando também questões relacionadas à sustentabilidade dos projetos, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Alexandre Vidigal de Oliveira.

Em declaração no evento desta terça-feira, a secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Pereira, disse que é importante incluir a indústria de mineração na estrutura de captação de recursos para elevar o desenvolvimento desse setor.

Ela ressaltou a importância de investimentos em minerais que podem contribuir para a transição energética, considerando matérias-primas para a produção de baterias.

Ela ressaltou ainda que muitos metais podem contribuir para a neutralização das emissões de dióxido de carbono.

(Por Roberto Samora)