Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.805,74
    -1.107,17 (-3,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Investimento da UE para Belarus permanecerá congelado até que país abrace a democracia

·1 minuto de leitura
Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen

BERLIM (Reuters) - Um pacote de investimentos de 3 bilhões de euros da União Europeia (UE) para Belarus permanecerá em espera e congelado até que o país se torne democrático, disse nesta segunda-feira a chefe do Executivo da UE.

"Vamos pressionar o regime até que ele finalmente respeite a liberdade da mídia, a liberdade de imprensa e a liberdade de opinião", disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, antes de uma reunião dos líderes da UE em Bruxelas, que vai considerar a imposição de mais sanções contra Belarus.

As novas medidas devem ter como alvo indivíduos envolvidos na aterrissagem forçada de um avião da Ryanair, empresas e entidades econômicas que financiam a liderança do país e o setor de aviação de Belarus, disse von der Leyen.

(Por Gabriela Baczynska e Sabine Siebold)