Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,14
    +0,18 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.768,80
    -1,70 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    64.113,04
    +2.025,46 (+3,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.486,58
    +23,22 (+1,59%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.409,50
    +11,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5086
    +0,0124 (+0,19%)
     

Investidores perdem mais de R$ 4 bi com queda de criptomoedas

·1 minuto de leitura
Crise da Evergrande tem trazido instabilidade ao mercado. Foto: Getty Images.
Crise da Evergrande tem trazido instabilidade ao mercado. Foto: Getty Images.
  • Bitcoin e Ethereum foram os tokens que mais perderam valor

  • Outras moedas digitais somam R$ 265 milhões em liquidações

  • Crise da Evergrande tem trazido instabilidade ao mercado

A última semana não foi das melhores para investidores de Bitcoin e outras criptomoedas. O prejuízo acumulado dos traders chega a mais de R$4 bilhões. Na última terça-feira (21), mais de 11 mil BTC já haviam sido perdidos por corretoras de criptoativos. A perda equivale a cerca de R$ 2,5 bilhões.

Outro ativo digital que perdeu valor e trouxe prejuízo foi o Ether, token da rede Ethereum. Logo atrás do Bitcoin, a criptomoeda perdeu 44,75 mil ETH em valor — mais de R$ 131 milhões.

Leia também:

Além do Bitcoin e do Ether, outras criptomoedas também despencaram em valor na bolsa de valores. Juntas, Cardano (ADA), Ripple (XRP), Solana (SOL) e Avalanche (AVAX) somaram mais de R$ 265 milhões em liquidações.

Grande parte dos prejuízos registrados foram causados por liquidações, quando o mercado fecha no sentido contrário do que o investidor projetou. Das corretoras de criptomoedas, as que mais registraram liquidações foram a Bybt (R$ 1,3 bilhão), a Binance (R$ 577 milhões), a Huobi (R$ 400 milhões) e a OKEx (R$ 370 milhões).

Um dos grandes motivos considerados para a instabilidade do mercado e a queda no valor das criptomoedas é a crise da Evergrande. Com uma dívida de R$ 1,3 trilhão com seus investidores, a gigante chinesa do mercado imobiliário perdeu na última sexta-feira (24) o pagamento de R$ 442 milhões.

As informações são do InfoMoney.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos