Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.047,16
    -2.156,84 (-4,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Investidores globais aceleram investimentos em fundos ESG em resposta à pandemia, de acordo com pesquisa da MSCI; riscos interconectados apresentam desafios

·7 minuto de leitura
  • Trinta e um por cento dos maiores investidores institucionais afirmam que as mudanças climáticas terão o maior impacto na forma como as empresas investirão nos próximos três a cinco anos

  • Aproximadamente um terço utilizam dados climáticos regularmente para gerenciar riscos

A pandemia global destacou a importância das questões do ESG e está acelerando a integração do ESG pelos investidores institucionais, de acordo com os entrevistados da 2021 Global Institutional Investor Survey1 da MSCI, uma pesquisa com 200 instituições proprietárias de ativos, que totalizam aproximadamente US$ 18 trilhões.

A pesquisa de fundos soberanos, seguradoras, doações/fundações e fundos de pensão constatou que mais de três quartos (77%) dos investidores aumentaram os investimentos ESG "significativamente" ou "moderadamente" em resposta à COVID-19, com esse número aumentando para 90% para instituições maiores (mais de US$ 200 bilhões em ativos).

"A combinação de eventos relacionados ao clima, como incêndios florestais devastadores, inundações e secas, além de uma pandemia global, acelerou a mudança de paradigma no ASG e em mudanças climáticas. Outrora uma questão para "fundos verdes" e bolsos laterais, o ESG e o clima estão agora firmemente estabelecidos como questões de alta prioridade", disse Baer Pettit, presidente e diretor operacional (COO) na MSCI. "O ano de 2020 marcou uma mudança profunda na forma como as instituições investem, já que vários investidores reconheceram que muitas empresas com fortes práticas ambientais, sociais e de governança tiveram desempenho superior durante a pandemia."

A pesquisa revela que, embora os investidores norte-americanos em geral tenham se mostrado indiferentes aos fundos ESG no passado, com algumas exceções importantes, o ano de 2020 mudou drasticamente as visões que tinham para mais perto daqueles de seus colegas internacionais. Dos entrevistados nos EUA, 78% disseram que aumentariam o investimento em ESG de forma significativa ou moderada em resposta à COVID-19, enquanto o número foi de 79% e 68% na Ásia-Pacífico e EMEA, respectivamente.

Ao explorar futuros investimentos ESG, os investidores disseram que estão colocando maior ênfase no "S" em ESG, com mais de um terço (36%) querendo que a parte "Social" inclua uma proporção maior do mix em 2021. Isso aumenta para 50% e 48% no Reino Unido e nos EUA, respectivamente, onde os entrevistados citaram a COVID-19 coincidindo com uma reavaliação da desigualdade na sociedade como um fator determinante.

Uma miríade de desafios - as mudanças climáticas são o maior risco

Enquanto os investidores institucionais transformam os processos de investimento para refletir as exigências atuais, eles enfrentam uma longa lista de desafios a médio e longo prazo, com nuances dependendo do tamanho, localização e objetivos de investimento de longo prazo.

Embora a pesquisa tenha revelado diferenças globais, para muitos investidores os desafios de ASG são uma das principais preocupações. Quase um terço (31%) dos investidores institucionais com mais de US$ 200 bilhões em ativos disseram que o risco climático terá o maior impacto na forma como uma empresa investirá nos próximos três a cinco anos. A isto seguiu-se as tecnologias disruptivas, como a inteligência artificial para quase um quinto (19%) dos investidores, enquanto 14% acreditam que o aumento da sofisticação da medição ESG terá o maior impacto. Por outro lado, pequenos investidores (menos de US$ 25 bilhões de ativos) disseram que o aumento das regulamentações e a volatilidade do mercado são as principais tendências que terão impacto em seus investimentos durante os próximos três a cinco anos.

Dados climáticos nos centro do gerenciamento global de risco

Devido aos vários desafios globais que os investidores enfrentam, a pesquisa descobriu que os entrevistados perceberam o risco como mais importante do que a alocação de ativos tradicionais, com investidores de todos os tamanhos acreditando que a diversidade das fontes de risco era mais relevante do que a alocação de ativos para se alcançar a excelência de investimento.

Com as mudanças climáticas citadas como um dos maiores desafios, os maiores investidores se concentram mais no acesso e monitoramento dos dados climáticos mais recentes. Instituições menores, no entanto, ainda estão em um estágio inicial de incorporação dos dados climáticos em suas estratégias de investimento. Cerca de 50% dos investidores com mais de US$ 200 bilhões em ativos disseram que utilizam regularmente os dados climáticos para gerenciar os riscos, quando comparados a apenas 16% daqueles com menos de US$ 25 bilhões. Os investidores com mais de US$ 200 bilhões em ativos também têm quatro vezes mais probabilidade de utilizar regularmente os dados climáticos para identificar oportunidades de investimento do que aqueles com menos de US$ 25 bilhões.

"Os investidores institucionais devem enfrentar muitos desafios durante os próximos cinco anos, o que é ampliado pelo fato de que esses desafios estão interligados. Estas interconexões adicionam complexidade e demandam urgência. A realidade é que a mudança climática está ligada a um contexto social em mudança rápida que, por sua vez, leva a mudanças nas demandas dos investidores, tudo dentro de um ambiente regulatório muito dinâmico. Estas tendências são ampliadas pela inovação tecnológica, adicionando custos significativos e pressão do tempo. Simplesmente, investir nunca foi um ecossistema mais complexo", concluiu Pettit.

Sobre a MSCI

A MSCI é uma importante fornecedora de ferramentas e serviços de suporte a decisões essenciais para a comunidade global de investimentos. Com mais de 50 anos de experiência em pesquisa, dados e tecnologia, capacitamos as melhores decisões de investimento ao possibilitar que os clientes entendam e analisem os principais fatores de risco e retorno e criem, com confiança, portfólios mais eficientes. Criamos soluções aprimoradas de pesquisa com liderança na indústria, que os clientes utilizam para obter insights e melhorar a transparência em todo o processo de investimento. Para saber mais, acesse www.msci.com.

As informações contidas neste documento (as "Informações") não podem ser reproduzidas ou redisseminadas no todo ou em parte, sem a permissão prévia por escrito da MSCI. As informações não podem ser utilizadas para verificar ou corrigir outros dados, para criar trabalhos de derivativos, índices, modelos de risco ou análises, ou em conexão com a emissão, oferta, patrocínio, gestão ou comercialização de quaisquer títulos, portfólios, produtos financeiros ou outros veículos de investimento. Dados históricos e análises não devem ser tomados como uma indicação ou garantia de qualquer desempenho, análise, previsão ou predição futura. Nenhuma informação ou índice MSCI ou outro produto ou serviço constitui uma oferta de compra ou venda, ou uma promoção ou recomendação de qualquer título, instrumento financeiro ou produto ou estratégia de negociação. Além disso, nenhuma das informações ou qualquer índice MSCI se destina a constituir um conselho de investimento ou uma recomendação para fazer (ou abster-se de fazer) qualquer tipo de decisão de investimento e não pode ser considerado como tal. As informações são fornecidas "como estão" e o usuário das informações assume todos os riscos de qualquer uso que possa fazer ou permitir que seja feito das informações. NENHUMA PARTE DA MSCI INC. OU QUALQUER UMA DE SUAS SUBSIDIÁRIAS OU SEUS FORNECEDORES DIRETOS OU INDIRETOS OU TERCEIROS ENVOLVIDOS NA FABRICAÇÃO OU COMPILAÇÃO DAS INFORMAÇÕES (CADA, UM "FORNECEDOR DE INFORMAÇÕES") OFERECE QUAISQUER GARANTIAS OU FAZ REPRESENTAÇÕES E, AO MÁXIMO PERMITIDO POR LEI, CADA FORNECEDOR DE INFORMAÇÕES AQUI EXPRESSAMENTE ISENTA-SE DE TODAS AS GARANTIAS IMPLÍCITAS, INCLUINDO AS GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO PARA UM DETERMINADO FIM. SEM LIMITAR QUALQUER PARTE DO EXPOSTO ACIMA E ATÉ A EXTENSÃO MÁXIMA PERMITIDA POR LEI, EM HIPÓTESE ALGUMA QUALQUER UM DOS FORNECEDORES DE INFORMAÇÕES TERÁ ALGUMA RESPONSABILIDADE COM RELAÇÃO A QUALQUER INFORMAÇÃO, SEJA QUALQUER INFORMAÇÃO DIRETA, INDIRETA, ESPECIAL, PUNITIVA, CONSEQUENTE (INCLUINDO RECEITAS PERDIDAS) OU OUTROS DANOS, MESMO QUE NOTIFICADOS DA POSSIBILIDADE DE TAIS DANOS. O precedente não deve excluir ou limitar qualquer responsabilidade que não possa ser excluída ou limitada pela lei aplicável. Aviso de privacidade: para obter informações sobre como a MSCI coleta e usa dados pessoais, consulte nosso Aviso de privacidade em https://www.msci.com/privacy-pledge.

___________________________
1
Todos os dados quantitativos do relatório Global Institutional Investor foram derivados de uma pesquisa com 200 executivos de 200 proprietários de ativos distintos nas Américas, Europa, Oriente Médio e África (EMEA) e Ásia-Pacífico. As pesquisas foram realizadas por telefone em setembro de 2020. Entrevistas qualitativas e citações vieram de uma série separada de entrevistas por telefone.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20210209006316/pt/

Contacts

Perguntas da mídia
PR@msci.com
Melanie Blanco: +1 212 981 1049

Serviço Global de Atendimento ao Cliente da MSCI
Serviço de Atendimento ao Cliente EMEA: + 44 20 7618.2222
Serviço de Atendimento ao Cliente Américas: +1 888 588 4567 (gratuito)
Serviço de Atendimento ao Cliente Ásia-Pacífico: + 852 2844 9333