Mercado abrirá em 8 h 29 min
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,61
    +2,12 (+2,67%)
     
  • OURO

    1.672,10
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    19.138,63
    -172,50 (-0,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    435,14
    -8,29 (-1,87%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.018,62
    -204,21 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    26.086,49
    +149,28 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    10.977,25
    -58,25 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3114
    +0,0035 (+0,07%)
     

Investidores fogem de ações tech chinesas em ritmo recorde

(Bloomberg) -- Os investidores desfazem suas posições em ações de tecnologia chinesas em um ritmo recorde em meio a preocupações com a inflação mais alta e perspectivas de crescimento mais fraco.

O KraneShares CSI China Internet ETF, um fundo negociado em bolsa nos EUA que investe no setor, teve resgates líquidos de quase US$ 700 milhões este mês, segundo dados da Bloomberg, a caminho de seu pior desempenho mensal já registrado. Da mesma forma, o CSOP Hang Seng Tech Index ETF em Hong Kong está a caminho de registrar o menor ingresso líquido mensal desde abril de 2021, a última vez em que investidores retiraram dinheiro do fundo.

Os investidores se retiram mesmo depois que as ações de tecnologia se recuperaram de suas mínimas de março e as maiores empresas da China no setor divulgaram lucros melhores do que o temido no segundo trimestre. Os esforços de reguladores chineses e americanos para evitar que ações da China sejam retiradas das bolsas nos EUA não mudam o sentimento, dizem alguns investidores.

Ainda há uma “lista grande de questões que prejudicaram o sentimento dos investidores em relação às ações da China – então isso seria a resolução de apenas uma dessas questões”, disse Chetan Seth, estrategista de ações para Ásia-Pacífico da Nomura.

Embora os índices Nasdaq Golden Dragon e Hang Seng Tech tenham subido de suas mínimas de março, ainda registram uma forte queda que começou cerca de 18 meses atrás, depois que a pressão regulatória de Pequim aumentou. As saídas em agosto ocorreram apesar de promessas das autoridades de aumentar o apoio à economia através de várias medidas de estímulo.

“Estamos de olho nos seguintes pontos de inflexão, incluindo uma melhora no cenário macro, político e regulatório da China que melhoraria o sentimento”, disse Pruksa Iamthongthong, diretora de investimento sênior de ações asiáticas da Abrdn, que permanece sub-exposta ao setor.

Há também o problema dos catalisadores. Mesmo quando a economia se recuperar, os investidores já mudaram seus modelos de avaliação e pensamento quando se trata de empresas de tecnologia chinesas. A pressão regulatória fez com que as empresas reduzissem seu tamanho e reduzissem os negócios não essenciais, o que impediu o crescimento após anos de expansão desenfreada.

As ações da Alibaba em Hong Kong, por exemplo, estão sendo negociadas a cerca de 12,5 vezes seus lucros estimados para o próximo ano. Isso é ainda mais barato do que os múltiplos de 15,7 vezes da empresa de serviços públicos CLP Holdings e os múltiplos de 20 vezes da Hong Kong & China Gas Co., segundo dados da Bloomberg.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.