Mercado abrirá em 6 h 37 min
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,04 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.871,30
    +4,80 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    34.101,59
    -561,02 (-1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,67
    -25,94 (-3,70%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    30.027,68
    +385,40 (+1,30%)
     
  • NIKKEI

    28.758,93
    +125,47 (+0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.381,25
    +87,00 (+0,65%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4177
    -0,0809 (-1,24%)
     

Investidores apostam em ouro com promessa de apoio do Fed

Ranjeetha Pakiam
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O ouro ganha força depois que o Federal Reserve reforçou seu compromisso de apoiar a recuperação da maior economia do mundo e diante do avanço de congressistas dos EUA nas negociações para um acordo de estímulo fiscal.

O metal precioso está a caminho do terceiro ganho semanal. Em sua última reunião de política monetária de 2020, o Fed prometeu manter o programa de compra de ativos em larga escala até ver “progresso substancial” nos dados de emprego e de inflação. O presidente do Fed, Jerome Powell, disse que o argumento para o estímulo fiscal é “muito, muito forte”. A alta do ouro para o maior nível em um mês teve o apoio do dólar mais fraco.

O ouro pode fechar 2020 com o maior ganho anual em uma década diante da perspectiva de mais estímulos, enquanto o coronavírus continua a causar estragos. Os EUA registraram outro recorde diário de mortes na quarta-feira, enquanto a Alemanha teve o maior aumento em mortes desde o início da pandemia. A chanceler Angela Merkel sinalizou que um lockdown mais rígido deve permanecer em vigor por mais tempo do que o planejado. Embora o desenvolvimento de vacinas tenha reduzido a demanda por ativos seguros em certa medida, os desafios permanecem para a imunização da população global.

“Ouvindo a visão do Fed, está muito claro agora que os preços do ouro provavelmente continuarão subindo, já que o Fed não tem pressa em fazer nada em breve”, disse Naeem Aslam, analista-chefe de mercado da Ava Trade, em relatório. “Então, por enquanto, o caminho de menor resistência, em termos de preços do ouro, aponta para cima.”

O ouro subiu quase 24% neste ano, depois de superar um recorde de US$ 2.075 em agosto. Prata, platina e paládio também avançaram.

Nos EUA, líderes do Congresso ainda debatem os detalhes finais de quase US$ 900 bilhões em ajuda para combater os efeitos do coronavírus, enquanto autoridades tentam redigir o texto legislativo necessário para as votações na Câmara e no Senado nesta semana. O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, disse: “Vamos chegar lá”.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.