Investidor busca segurança e faz dólar e iene subirem

O dólar e o iene subiram nesta sexta-feira, em meio a temores de que os políticos dos Estados Unidos não consigam chegar a um acordo sobre a questão fiscal até o fim do ano, o que poderá levar o país a uma nova recessão. Em dia marcado por novas trocas de acusações entre dirigentes dos dois partidos norte-americanos, os investidores buscaram moedas vistas como "porto seguro".

"Se cairmos no abismo fiscal e não há um processo em andamento para encontrar uma solução, o dólar poderá cair até 3% diante do iene em um período bastante curto de tempo", disse o estrategista Kevin Hebner, do JPMorgan. Outros participantes do mercado mostraram mais otimismo. "Os mercados já esperavam que Washington fosse um pouco disfuncional. No fim das contas todo mundo tem a certeza de que algum tipo de salsicha vai sair daquele moedor", disse David Gilmore, estrategista da Foreign Exchange Analytics.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,3173, de US$ 1,3246 na quinta-feira; o iene estava cotado a 84,22 por dólar, de 84,43 por dólar na véspera; a libra estava cotada a US$ 1,6166, de US$ 1,6278 no ajuste anterior; frente à moeda única europeia, o iene estava cotado a 111,05 por euro, de 111,77 por euro ontem. As informações são da Dow Jones.

Carregando...