Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.752,27
    +957,94 (+3,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Internet ultra rápida de Elon Musk conquista aval de operação no Reino Unido

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Satélites da Starlink no céu. (Foto: Yuri Smityuk\TASS via Getty Images)
Satélites da Starlink no céu. (Foto: Yuri Smityuk\TASS via Getty Images)

O Starlink, serviço de internet ultra rápida da empresa SpaceX, do bilionário Elon Musk – atualmente o homem mais rico do mundo – acaba de conquistar uma nova vitória na Europa: um aval para operar no Reino Unido, um dos maiores mercados do mundo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O aval regulatório representa uma importante etapa na caminhada da empresa no sentido de se tornar uma operadora global de banda larga.

Leia também:

A Starlink, que opera como uma frota de satélites que deve chegar a mais de 12 mil unidades orbitando o planeta, planeja oferecer serviço de internet ultra rápida, acima de 1Gb por segundo, para todo o planeta.

Isso incluiria áreas rurais e afastadas de grandes centros urbanos, onde atualmente não existe nenhum tipo de conectividade.

Atualmente, a Starlink já opera em fase de “beta teste” nos Estados Unidos, e segundo usuários, as velocidades são impressionantes, acima da maioria das operadoras tradicionais.

Segundo Musk, ele pretende usar o dinheiro dessa operação para custear seus planos mais ousados, de colonizar o planeta Marte.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube