Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.292,12
    -184,56 (-0,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Internet que Elon Musk quer na Amazônia já opera no Brasil; veja onde

Cobertura atual envolve Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro eMinas Gerais. (Rafael Henrique/Getty Images)
Cobertura atual envolve Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro eMinas Gerais. (Rafael Henrique/Getty Images)
  • Expectativa da Starlink é conquistar pelo menos 60 mil clientes no Brasil no primeiro ano de operações

  • Apesar de disponível, o serviço possui baixa cobertura e alto valor;

  • Musk está no Brasil para ampliar as operações da empresa no país.

Aprovado em janeiro deste ano pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o serviço de internet via satélite de Elon Musk, a Starlink, já está funcionando em algumas regiões do Brasil. Por enquanto, apenas partes das regiões Sudeste e Sul podem solicitar o serviço.

Além da baixa cobertura, o serviço também não é nada barato: a mensalidade total, incluindo os impostos, chega a R$ 744,60, mas o cliente deve pagar R$ 2.670 pelo kit necessário para usar a internet — além do frete de R$ 365 e R$ 511 de um depósito antecipado, solicitado pela SpaceX.

Atualmente, a cobertura atual envolve grande parte de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, além de algumas áreas de Minas Gerais. No caso do Rio Grande do Sul, a região é apontada com cobertura prevista para o final deste semestre.

No Espírito Santo e em cidades ao norte de Minas Gerais, incluindo Montes Claros, a previsão é a de que a rede Starlink esteja disponível até o fim de 2022. Partes do Paraná, a exemplo de Cascavel e Maringá, têm previsão para o primeiro trimestre de 2023.

No site da Starlink, no canto superior esquerdo, a empresa de Elon Musk possui um mapa para que os interessados no serviço saibam se podem assinar a Starlink agora ou se devem aguardar mais um pouco. Uma vez aberto, o mapa é definido em três cores.

O verde claro indica que o serviço está “disponível agora” para contratação, enquanto o verde escuro mostra que o cliente pode fazer uma pré-compra e aguardar na lista de espera. As áreas em cinza ainda estão fora de cobertura.

A limitação nas áreas de cobertura do serviço Starlink se deve ao número de satélites da constelação que ainda não pode suportar clientes em escala global. No entanto, este cenário mudará conforme a rede é ampliada, especialmente com a segunda geração de satélites Starlink.

Como contratar a Starlink

Se a sua região não possui cobertura do serviço, basta se inscrever no site da Starlink para ser notificado quando estiver disponível. Nas regiões em lista de espera, o serviço pode ser solicitado mediante a um depósito de R$ 530,00, mas o cliente deverá aguardar um aviso de disponibilidade.

Nas áreas com disponibilidade imediata, no entanto, a Starlink observa que, por conta da capacidade máxima de cobertura nessas regiões, pode demorar um pouco para que o pedido do cliente seja atendido — a empresa envia uma notificação atualizando a situação.

A expectativa da Starlink é conquistar pelo menos 60 mil clientes no Brasil no primeiro ano de operações no país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, segundo os dados repassados pelo governo do Amazonas. A empresa não divulgou quantos assinantes brasileiros possui no momento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos