Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,44
    +0,16 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.837,20
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    56.283,35
    +709,65 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.513,93
    +1.271,26 (+523,84%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.013,81
    -581,89 (-2,03%)
     
  • NIKKEI

    28.608,59
    -909,71 (-3,08%)
     
  • NASDAQ

    13.320,25
    -25,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3411
    -0,0043 (-0,07%)
     

Internet por satélite de Elon Musk faz concorrência comer poeira nos EUA

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Starlink já funciona em esquema beta nos EUA. (Foto: Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Starlink já funciona em esquema beta nos EUA. (Foto: Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O serviço de internet banda larga por satélite da Starlink, do empresário Elon Musk, ainda nem estreou em suas plenas funcionalidades, mas segundo usuários, já está deixando a concorrência para trás. As informações são do site Futurism, especializado em tecnologia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Segundo participantes do programa “beta” da Starlink, as velocidades obtidas são superiores a 95%, ou quase a totalidade, dos prestadores de serviço de internet banda larga nos Estados Unidos.

Leia também:

“A Starlink vai mudar o jogo para sempre”, escreveu um usuário no fórum online Reddit, junto a registros de velocidade de download de 174 Mbps.

Vale lembrar que a Starlink anunciou esse programa como um “Beta Melhor Que Nada”, nas palavras da empresa. Isso porque a constelação de satélite, que circundará a órbita terrestre aos milhares nos próximos anos, ainda está em construção.

A proposta da empresa de Elon Musk é levar conexões de altíssima velocidade mesmo a regiões remotas da Terra, onde não há hoje qualquer tipo de conectividade.

Por enquanto, o beta da Starlink tem ainda um preço salgado nos EUA: US$ 99 (cerca de R$ 564) mensais, mais o preço da antena e equipamento de recepção, de US$ 499 (cerca de R$ 2,84 mil).

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube