Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.309,62
    +267,18 (+1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Internet Explorer, principal navegador da web dos anos 2000, chega ao fim após 27 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de 27 anos, o Internet Explorer (IE) chegou ao fim. A Microsoft vai encerrar o suporte ao principal navegador dos anos 2000 a partir desta quarta-feira (15), quando a empresa passa a se dedicar exclusivamente ao Edge.

Embora o fim do Explorer já fosse esperado desde o lançamento do sucessor, em 2015, a principal evidência só chegou em 2020. Naquele ano, a Microsoft anunciou que produtos como Teams e Office 365 não seriam compatíveis com o navegador antigo.

Contudo, o anúncio oficial foi feito em maio de 2021, quando a empresa disse que o IE seria substituído pelo Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11, a partir de 15 de junho de 2022.

"O Microsoft Edge não só é um navegador mais rápido, seguro e moderno que o Internet Explorer, como também é capaz de lidar com uma preocupação importante: a compatibilidade com aplicativos e sites antigos", afirmou a Microsoft em post no blog oficial.

O Edge tem a opção de ativar o modo IE, no qual o usuário navega na internet como se estivesse usando o navegador antigo. Isso permite que sites mais antigos, projetados para o software, sejam acessados.

"Não dá para agradecer o apoio de todos pelo Internet Explorer ao longo dos anos. Muitas pessoas e empresas ao redor do mundo dependeram do IE para ajudá-los a aprender, crescer e conduzir negócios online", disse a empresa.

A última versão do software é o Internet Explorer 11, lançado em 2013, cuja última atualização data de novembro de 2020.

O IE foi lançado em agosto de 1995, ao lado do sistema operacional Windows 95. O produto dominou o mercado até o início dos anos 2010, quando o Google Chrome tomou o posto de navegador mais popular. Por conta dessa hegemonia, o Internet Explorer foi protagonista do início da navegação na internet de muitos usuários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos