Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.293,10
    -103,94 (-0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Internet da StarLink chega a três escolas do Amazonas

Três escolas do estado do Amazonas receberam nesta quinta-feira (22) a internet da StarLink, empresa de fornecimento de conexão via satélite fundada por Elon Musk. A conexão começou a funcionar na Escola Estadual Antônio Ferreira Guedes, em Careiro da Várzea (AM), e também nas unidades estaduais Januário Santana e Nossa Senhora do Rosário, estão em Manacapuru (AM).

A primeira instalação foi visitada nesta quinta pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, ao lado da CEO da SpaceX, Gwynne Shotwell, enquanto Musk participou por meio de videochamada que estreou a conexão com a internet. É a empresa aeroespacial dele que desenvolve a tecnologia de satélites de baixa órbita para conectividade.

O lançamento faz parte de uma iniciativa do governo federal em parceria com a StarLink, que prevê o fornecimento de internet via satélites de baixa órbita a localidades remotas e carentes. Os equipamentos e serviço são cedidos às escolas pela empresa e, segundo Faria, a ideia é fazer com que todas as escolas de ensino fundamental e médio do Amazonas tenham internet fornecida pela Starlink.

"Super feliz de estar no Brasil para o lançamento da StarLink em 19.000 escolas desconectadas em áreas rurais e para monitoramento ambiental da Amazônia!"

A rede da Space X ficou disponível em nosso país ao final de junho, quando o fundador da companhia chegou a vir ao Brasil para se encontrar com integrantes do governo federal. No Twitter, ele anunciou planos de conectar, via StarLink, 19 mil escolas de áreas rurais do país, além de utilizar a tecnologia para o monitoramento ambiental da região amazônica.

A chegada da conexão às escolas amazonenses também acompanha a realização do terceiro seminário 5G.BR, que está acontecendo na capital do estado, Manaus. O evento também aconteceu nesta quinta e reuniu autoridades e representantes da sociedade civil para apresentar perspectivas e iniciativas relacionadas à chegada da conexão móvel de alta velocidade ao país.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: