Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.489,34
    +1.149,34 (+2,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Inter fecha acordo para comprar fintech americana Usend

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Banco Inter anunciou nesta sexta-feira (27) que vai comprar a fintech americana Usend, especializada no mercado de câmbio e de remessas internacionais.

Com a aquisição, o Inter pretende competir com as fintechs americanas Chime e SoFi, disputando clientes digitais.

A compra ainda depende de aprovações regulatórias no Brasil e nos Estados Unidos. O Inter não divulgou os valores da transação.

Segundo o banco digital brasileiro, a Usend possui soluções competitivas para a realização de remessas de dinheiro entre países, além de possuir a licença de instituição financeira em mais de 40 estados americanos. A fintech também possui uma base de mais de 150 mil clientes.

"Com a aquisição da Usend, o Inter terá a vantagem de contar com estrutura e base de clientes sólidas, se posicionando como um full digital banking [banco digital completo] nos EUA, oferecendo produtos e serviços mais baratos, justos e eficientes", afirmou o presidente do Inter, João Vitor Menin, em nota.

A Usend também opera no mercado de cartão de débito, de cartão-presente (gift cards) e recarga de celular. Até o final do ano, a fintech deverá lançar sua própria plataforma de investimentos e seguros, além de cartão de crédito.

"A consequência [dessa aquisição] será fortalecer a competição das fintechs nos Estados Unidos, levando as soluções da Usend e o nosso know-how de digital banking, sendo a primeira empresa brasileira do segmento a fincar os pés de forma firme nos Estados Unidos", disse Menin.

Em nota, o banco afirmou que, com a união das duas empresas, pretende desenvolver uma plataforma que oferte produtos financeiros e não-financeiros. Entre os planos da instituição também está o investimento em marketing online para alavancar a base de clientes e acelerar o crescimento de sua participação no mercado americano (market share).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos