Intenção de consumo dos paulistanos é o menor para janeiro desde 2010

SÃO PAULO – A intenção de consumo dos paulistanos apresentou recuo em janeiro deste ano e registro o menor valor para um mês de janeiro desde 2010, segundo revelam dados da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo), divulgados nesta quarta-feira (13).

De acordo com a entidade, o ICF (Índice de Consumo das Famílias) registrou diminuição de 3,4% no primeiro mês do ano, em relação ao mês imediatamente anterior, atingindo 136,7 pontos. Vale lembrar que, abaixo de 100 pontos, o índice revela uma percepção de insatisfação e, acima deste patamar, podendo chegar a 200 pontos, indica satisfação.

Para a assessoria técnica da Fecomercio-SP, a redução do indicador no primeiro mês do ano foi puxada principalmente pela insatisfação das famílias com renda superior a dez salários mínimos, sendo esta a quarta vez na história do ICF que o grupo está mais insatisfeito do que os demais.

Sobre o futuro, a Fecomercio avalia que a satisfação dos paulistanos deve flutuar neste início de ano até que haja menos incertezas sobre o andamento da economia. Para a entidade, o governo precisa governo precisa dar sinais claros sobre como tratará os problemas de controle da inflação, energia, gasolina, redução de impostos e crescimento nacional, para que a população possa planejar seus gastos e investimentos.

Categorias
O indicador da Fecomercio-SP é composto por sete itens, sendo eles: emprego atual, renda atual, acesso ao crédito, nível de consumo, perspectiva profissional, perspectiva de consumo e momento para duráveis.

Dos itens analisados, os que mais estimularam a queda de janeiro foram nível de consumo atual (103,9 pontos) e perspectiva de consumo (119,6 pontos), que reduziram 8,9% e 7,4%, respectivamente.

Os itens relacionados ao emprego também sofreram redução de satisfação, com emprego atual caindo 2,8% e perspectiva profissional reduzindo 1,6%.

O único item do ICF que apontou elevação no período analisado foi renda atual, que teve variação de 0,7%, chegando 153,7 pontos.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,0858-0,0175-0,56%
    USDBRL=X
    3,2757-0,019-0,58%
    EURBRL=X
    0,9421+0,0004+0,04%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    34,24+1,99+6,17%
    VALE5.SA
    15,92+0,31+1,99%
    PETR4.SA
    17,20+0,44+2,63%
    LAME4.SA
    9,30+0,15+1,64%
    RUMO3.SA
    26,59+3,79+16,62%
    BRAP4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    6,00+1,70+39,53%
    MEND6.SA
    22,54+4,06+21,97%
    BRAP3.SA
    4,57+0,82+21,87%
    TPIS3.SA
    4,81+0,81+20,25%
    LOGN3.SA
    1,00+0,15+17,65%
    BBTG12.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,42-0,10-19,23%
    SULT4.SA
    4,04-0,38-8,60%
    LFFE3.SA
    5,00-0,38-7,06%
    CTKA4.SA
    79,01-5,99-7,05%
    WPLZ11B.SA
    6,36-0,43-6,33%
    RDNI3.SA