Intenção de compra dos paulistanos aumenta no 1º trimestre

SÃO PAULO – Apesar do fato do consumidor da cidade de São Paulo estar mais cauteloso em 2013, a intenção de compra de bens duráveis neste 1º trimestre apresentou leve alta de 0,8 ponto percentual, passando de 56% para 56,8% na comparação com o último trimestre de 2012.

As informações são do Provar (Programa de Administração do Varejo) da FIA (Fundação Instituto de Administração), juntamente com a Felisoni Consultores Associados, que mostraram que apesar da alta trimestral, em relação ao mesmo período do ano passado, as intenções tiveram queda já que no 1º trimestre de 2012, 60,6% dos 500 entrevistados planejavam comprar bens duráveis no trimestre (queda de 3,8 pontos percentuais).

As categorias Vestuário e Calçados ficaram na frente como a maior intenção de compra dos paulistanos, com 18%, seguido por Informática (11%) e, logo atrás, por Viagem e Turismo, com 10,6%.

Segundo o presidente do Conselho do Provar, Claudio Felisoni de Angelo, o nível ligeiramente superior ao verificado no último trimestre de 2012 pode indicar maior atenção dos consumidores às liquidações do início do ano, bem como uma pequena melhora de seu humor em relação ao final do ano passado.

Em relação ao mesmo intervalo do ano passado, somente o grupo Brinquedos apresentou alta na intenção de compras neste 1º trimestre: de 3,1%. Já as outras variações registraram quedas que variaram de 1,9% a 29,5%.

Compras pela internet
A pesquisa também apontou queda do varejo virtual. Em análise feita em parceria com a E-bit, a intenção de compra na internet alcançou o patamar de 83,9%, recuo de 1,9 ponto percentual em comparação com o 4º trimestre de 2012 (85,8%). Em relação com o 1º trimestre de 2011, a queda foi de 2,4 pontos percentuais..

Carregando...