Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    47.420,01
    -2.908,02 (-5,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Inteligência de dados aponta São Paulo favorito contra o Racing

LANCE!
·1 minuto de leitura


Não é apenas sensação de boa fase. A inteligência de dados também aponta
favoritismo do São Paulo contra o Racing no próximo jogo da Libertadores.

Confira marcas importantes atingidas por Crespo no São Paulo

A xG Football Intelligence, sportech de inteligência de dados no futebol, considerando os dois jogos realizados por cada equipe na CONMEBOL Libertadores até agora, indica que o Tricolor Paulista tem chances reais de vitória fora de casa.

VEJA A POSIÇÃO DO SÃO PAULO NA LIBERTADORES

Isso porque os dados analisados pela empresa demonstram que os comandados por Hernán Crespo foram mais eficientes no ataque e mais seguros na defesa. O XG criado – probabilidade de uma finalização se transformar em gol – do São Paulo foi, na média, 1,9. O do Racing, por sua vez, foi de 1,27.

Já o XG concedido, isto é, o quanto a equipe permite que os oponentes finalizem em sua meta, foi de 0,56 X 1,45 em favor dos brasileiros. Ou seja, os argentinos cederam mais chances a Rentistas e Sporting Cristal, os dois outros times do grupo E da
Libertadores.

Assim, o Net XG (diferença entre o XG e o XG concedido) do São Paulo é
superior: 1,3 X -0,18. Porém se engana quem pensa que o Tricolor terá vida fácil, apesar do favoritismo. Os argentinos atacaram com perigo pelas pontas em ambos os jogos anteriores, principalmente pelo lado direito do campo.

Além disso, têm a bola parada como um de seus pontos fortes. Foram três chutes a gol em três lances deste tipo até agora, com eficiência de 100%, portanto.