Mercado fechará em 2 h 17 min
  • BOVESPA

    121.877,48
    +76,27 (+0,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.285,45
    +90,02 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,00
    +0,85 (+1,25%)
     
  • OURO

    1.804,90
    -5,60 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    40.396,23
    +1.049,49 (+2,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    998,27
    +22,37 (+2,29%)
     
  • S&P500

    4.419,80
    +17,14 (+0,39%)
     
  • DOW JONES

    34.979,67
    +187,00 (+0,54%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.148,25
    +74,75 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1549
    +0,0366 (+0,60%)
     

Intel negocia compra de empresa de semicondutores em transação de US$ 30 bi

·2 minuto de leitura
Intel negocia compra de empresa de semicondutores em transação de US$ 30 bi
Intel negocia compra de empresa de semicondutores em transação de US$ 30 bi

Segundo informações do Wall Street Journal, A Intel está negociando a compra da empresa de semicondutores GlobalFoundries por US$ 30 bilhões. A aquisição faz parte de uma estratégia da empresa americana para fabricar e vender chips para terceiros e impulsionar a produção em um momento que a escassez global de semicondutores afeta uma gama de bens na indústria — desde carros a smartphones.

A negociação, revela a reportagem, ainda está em um estágio embrionário, com a GlobalFoundries planejando uma IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) para os próximos meses. Analistas de mercado afirmam que, apesar do alto valor de investimento, a compra da empresa de semicondutores pela Intel daria à companhia um amplo conjunto de recursos de manufatura para o futuro.

“A GlobalFoundries possui tecnologias e processos especializados em radiofrequência 5G, IoT [internet das coisas] e automotivo. Com ela, a Intel se tornaria o que chamo de ‘fornecedor full-stack’, que pode oferecer tudo ao cliente”, explica Patrick Moorhead, analista da Moor Insight & Strategies, que pesquisa a indústria de semicondutores, ao site TechCrunch.

O CEO da Intel, Pat Gelsinger, já acenou em março que a Intel pretende aumentar sua fabricação de chips. A empresa americana planeja gastar mais de US$ 20 bilhões para construir duas fábricas de processadores no Arizona, sudoeste dos Estados Unidos.

Investidores aprovam aquisição

Atualmente, a GlobalFoundries é propriedade da Mubadala Investment Company, uma holding da monarquia de Abu Dhabi que administra, entre outras empresas, a Piaggio (fabricante de carros de luxo) e a OMV (principal petrolífera da Europa Central). A empresa surgiu dos espólios do departamento de chips da AMD, rival da Intel, em 2009, e é sediada em Nova York, nos Estados Unidos. Caso a compra da empresa de semicondutores pela Intel se concretize, investidores preveem uma escalada de 1,59% nas ações da companhia.

Os valores na indústria dos chips nunca são pequenos e, por conta disso, a conclusão das negociações deve demorar. No ano passado, por exemplo, a Nvidia incorporou a Arm pela bagatela de US$ 40 bilhões.

Via Mobile World Live e Tech Crunch

Imagem: Slejven Durajkovic/Unsplash/CC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos