Mercado fechado

Intel e MIT criam IA que avalia melhor desempenho entre códigos similares

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

A Intel, junto ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), criou uma solução que ajuda programadores a identificar dois códigos diferentes com funções similares em um mesmo sistema. Tal tecnologia pode auxiliar os desenvolvedores em várias frentes, por exemplo, na correção de bugs e otimização de um programa.

O sistema se chama MISIM, sigla em inglês que se refere a similaridade de códigos inferidos por máquinas. A ideia é usar inteligência artificial para identificar se duas sequências de programação fazem a mesma função e qual delas é mais adequada para uso.

Para isso, o programa trabalha com uma estrutura chamada de CASS, capaz de entender o contexto no qual as linhas de código estão inseridas. Com isso, o MISIM pode dar notas para cada pedaço do conteúdo de acordo com a sua função. Se há dois segmentos com as mesmas funções, é possível ver qual a melhor opções entre elas. Uma das vantagens é que ele consegue fazer esta avaliação sem um compilador, ou seja, a transposição de códigos “legíveis” por seres humanos para uma versão “executável” por uma máquina. A análise acontece antes mesmo disso.

A pesquisa está em um estágio em que começa a mostrar aplicações concretas. Um dos objetivos, segundo os pesquisadores, é possível criação de uma ferramenta de recomendação para programadores. Nessa frente, o sistema seria capaz de reconhecer a intenção em um algoritmo e oferecer sugestões de códigos com uma semântica parecida — o que pode ajudar, ou a resolver um problema, ou melhorar o desempenho.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: