Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.687,70
    -2.026,05 (-4,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Intel Core i9 12900K vaza em novo teste mostrando vantagem sobre o i9 11900K

·3 minuto de leitura

Com lançamento aguardado para acontecer ainda neste ano, a 12ª geração de processadores Alder Lake da Intel promete revolucionar o processamento de dados, especialmente em desktops. Essa será a primeira geração da companhia a empregar uma arquitetura híbrida, similar aos chips de celular, de maneira ampla, estreando ainda a litografia de 10 nm da empresa, agora conhecida como Intel 7.

Pouco depois de ter diversos detalhes divulgados oficialmente na semana passada, a CPU topo de linha da família, conhecida até o momento como Core i9 12900K, voltou a vazar nesta semana em testes de desempenho, mostrando resultados promissores em comparação ao seu antecessor.

Core i9 12900K supera antecessor em novo teste vazado

O novo processador topo de linha da Intel foi encontrado no banco de dados do benchmark PugetBench, equipado em uma placa-mãe ASUS ROG Strix Z690-E Gaming Wi-Fi, acompanhado de 64 GB de RAM DDR5 a 4.800 MHz em dual-channel, placa de vídeo Nvidia GeForce RTX 3090 e rodando Windows 10. Nessa configuração, a solução atingiu os 1.573 pontos.

O Intel Core i9 12900K deve chegar ao mercado com 16 núcleos e 24 threads (Imagem: Divulgação/Intel)
O Intel Core i9 12900K deve chegar ao mercado com 16 núcleos e 24 threads (Imagem: Divulgação/Intel)

Para efeito de comparação, o i9 11900K chega aos 1.548 pontos, enquanto o rival Ryzen 9 5950X marca 1.581 pontos. A partir desses números, é possível tirar algumas conclusões interessantes. A primeira delas é que esse teste em específico não está plenamente otimizado para contagens mais altas de núcleos, já que a CPU da AMD dobra a contagem do concorrente da Intel ao contar com 16 núcleos, mas entrega menos de 10% de vantagem.

Outro ponto está no desempenho do i9 12900K que, apesar de não impressionar em um primeiro momento, mostra-se bastante respeitável — o chip segue em estágio de testes e ainda não deve atingir a máxima performance, o que indica que os resultados finalizados podem ser substancialmente maiores. Além disso, o topo de linha da família Alder Lake está limitado pelo Windows 10, que não oferece total suporte à abordagem híbrida da plataforma.

Mesmo em estágio de testes, o novo Intel Core i9 mostra vantagem sobre o antecessor (Imagem: Divulgação/Intel)
Mesmo em estágio de testes, o novo Intel Core i9 mostra vantagem sobre o antecessor (Imagem: Divulgação/Intel)

O próximo processador de alto desempenho da Intel mudará drasticamente a abordagem da empresa no mercado, e utilizará uma combinação de hardware e software para ter todo o potencial do novo design aproveitado.

Alder Lake de 12ª geração é primeira com arquitetura híbrida

Reunindo informações vazadas com os detalhes recém-revelados pela Intel, o Core i9 12900K chegará ao mercado equipado com 16 núcleos e 24 threads, rodando a até 5,3 GHz. A contagem estranha de núcleos se dá pela abordagem híbrida: haverá um conjunto de 8 núcleos de alto desempenho (P-Cores) com Hyper-Threading, acompanhado de um conjunto de 8 núcleos de baixo consumo (E-Cores), sem Hyper-Threading.

O Intel Thread Director é uma solução de hardware que analisa constantemente o uso do PC para tirar melhor proveito dos P-Cores e dos E-Cores (Imagem: Reprodução/Intel)
O Intel Thread Director é uma solução de hardware que analisa constantemente o uso do PC para tirar melhor proveito dos P-Cores e dos E-Cores (Imagem: Reprodução/Intel)

Ambos entregam novas microarquiteturas — os Golden Cove de alto desempenho e os Gracemont de baixo consumo —, prometendo um avanço significativo de 19% em instruções por clock (IPC), o que, na prática, pode significar até duas vezes mais desempenho que o Core i9 11900K.

Para garantir que as máquinas utilizem os P-Cores e os E-Cores de maneira eficiente, a Intel adotou um componente novo: o Thread Director, que vai avaliar cada ação do usuário para destiná-la ao núcleo certo na hora certa. A empresa trabalhou ainda com a Microsoft, para preparar o Windows 11 para a nova abordagem — o sistema terá acesso a detalhes robustos sobre cada tarefa, gerenciando o uso da CPU de maneira melhor otimizada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos