Mercado fechado

Intel Core i9-11900K bate recorde em suposto teste single-core

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

O Core i9-11900K, topo de linha da geração Rocket Lake-S da Intel, foi flagrado em um suposto teste do Geekbench que surpreendeu por registrar o altíssimo desempenho single-core do componente.

A CPU da Intel bateu a marca de 1.905 pontos no teste single-core foi feito em uma placa Gigabyte Z490 Aorus Master com 32 GB de memória RAM DDR4-3600.

Os resultados levam a crer que o processador seja mesmo o novo topo de linha da Intel. Primeiro pela alta pontuação em single-core. Depois, porque o chip bateu 5,3 GHz de clock (usando o Termal Velocity Boost), saindo dos 3,5 GHz de clock base. Os dois números conferem com o que já foi revelado sobre o componente.

Se o resultado for mesmo real, ele mostra que a nova CPU da Intel tem desempenho 13% superior que seu principal rival, o Ryzen 9 5950X da AMD. Contudo, o assunto muda de figura quando se fala em testes multi-core. O Core i9-11900K alcançou 10.994 pontos nesse quesito, 27% abaixo do registrado pelo concorrente — que marcou 14 mil pontos.

O motivo dessa discrepância, contudo, é que o topo de linha da AMD tem 16 núcleos, enquanto o da Intel tem a metade: apenas oito. Ou seja, trata-se de uma comparação até injusta. O melhor caminho, então, é comparar o Core i9-11900K com o Ryzen 7 5800 X, também com 8 núcleos. Neste cenário, o processador da Intel teve resultado single-core 15% acima e apenas 5% a mais no multi-core.

O Wccftech também comparou o Core i9-11900K com o topo de linha da atual geração, o Core i9-10900K. O Rocket Lake-S quase empata nos resultados multi-core com o Comet Lake-S, ficando 30 pontos atrás. Entretanto, é preciso lembrar que o Core i9-10900K conta com 10 núcleos.

Finalmente, os resultados mostram que o novo topo de linha pode trazer bons avanços, tendo em vista que consegue competir com outros gigantes, mesmo com menos núcleos.

Até o momento, a Intel já confirmou que os Rocekt Lake-S serão produzidos com os novos núcleos Cypress Cove, de 14nm, e terão suporte a PCIe 4.0. Os modelos serão compatíveis com placas-mãe LGA1200 e chegam no primeiro trimestre de 2021, provavelmente em março deste ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: