Mercado fechará em 3 h 30 min

Intel Core i7 1370P para ultrabooks vaza com clocks de até 5,0 GHz

Um dos chips avançados da aguardada família Raptor Lake-P de 13ª geração para ultrabooks, o Intel Core i7 1370P foi encontrado em seu primeiro teste vazado, em um dispositivo da Dynabook, uma submarca da Sharp. Apesar de bastante potente, atingindo performance quase similar ao de um Ryzen 7 5800X para desktops, o componente não apresenta grande avanço frente ao antecessor, aparentando ser, na verdade, uma variante renomeada do Core i7 1280P.

O resultado foi encontrado no banco de dados do Geekbench 5, e traz explicitamente o nome Intel Core i7 1370P, bem como suas configurações. A CPU deve estrear embarcando 14 núcleos e 20 threads, sendo 6 P-Cores de alto desempenho e 8 E-Cores de alta eficiência — um aumento de 2 P-Cores em relação ao Core i7 1270P —, capazes de atingir velocidades de até 5,0 GHz nos núcleos de maior potência, crescimento de 200 MHz em comparação a todos os modelos da família Alder Lake-P de 12ª geração.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Curiosamente, a configuração de cache é a mesma do 1280P, incluindo 24 MB de cache L3 e 2,5 MB de cache L2. Vale lembrar que um dos pontos onde houve melhorias na 13ª geração Raptor Lake é exatamente o cache, ampliado no nível L3 e principalmente no nível L2. Esse aspecto reforça rumores de que a Intel reaproveitaria alguns dos dies da 12ª geração, apenas reposicionando-os em processadores mais simples. Assim sendo, é possível que o 1370P seja uma versão reajustada (e mais barata para as fabricantes) do 1280P.

A novidade tem desempenho respeitável, ao menos no dispositivo da Dynabook, atingindo 1.655 pontos em single-core e 10.184 pontos, o que o coloca apenas 5% em média atrás do Ryzen 7 5800X para desktops. Em compensação, os número não são tão diferentes frente ao Core i7 1280P, e até mesmo em comparação ao próprio Core i7 1270P. Dito isso, é importante ter em mente que a refrigeração tem forte influência no desempenho, como registros da geração anterior mostram.

Em vazamento no Geekbench, o Intel Core i7 1370P foi encontrado munido de especificações muito similares ao do Core i7 1280P (Imagem: Geekbench)
Em vazamento no Geekbench, o Intel Core i7 1370P foi encontrado munido de especificações muito similares ao do Core i7 1280P (Imagem: Geekbench)

Alguns notebooks com as CPUs de 12ª geração chegam a registrar multi-core de apenas 5.000 pontos, possivelmente por limitações térmicas. Com sorte, aparelhos equipados com a 13ª geração devem resolver essas restrições.

Intel Raptor Lake-P deve estrear em janeiro

Já presente em um número significativo de vazamentos, a 13ª geração Intel Raptor Lake para notebooks deve ser apresentada no início de janeiro, durante a CES 2023. Além de próprias indicações da Intel, durante a apresentação da família premium para desktops ao Brasil, que indicavam que os chips mobile chegariam ao mercado em questão de poucas semanas, múltiplos vazamentos já mostram diversos modelos dedicados a laptops, incluindo soluções da série HX munidos de dies vindos dos desktops.

Ao que tudo indica, a 13ª geração Intel Raptor Lake para notebooks deve ser apresentada em janeiro, durante a CES 2023 (Imagem: Divulgação/Intel)
Ao que tudo indica, a 13ª geração Intel Raptor Lake para notebooks deve ser apresentada em janeiro, durante a CES 2023 (Imagem: Divulgação/Intel)

Ainda não estão totalmente claras as melhorias proporcionadas pela nova família de processadores para dispositivos móveis, mas a expectativa é que vejamos uma contagem ligeiramente maior de núcleos, clocks mais elevados e a chegada dos novos núcleos Raptor Cove de alto desempenho, com mais cache e ajustes na arquitetura, acompanhados de versões aprimoradas dos núcleos Gracemont de alta eficiência. Conforme citado, modelos revisados e renomeados da 12ª geração também devem estar entre as novidades.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: