Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.528,39
    +855,63 (+0,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.326,62
    -76,08 (-0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +1,29 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.787,20
    +16,70 (+0,94%)
     
  • BTC-USD

    66.661,61
    +3.162,77 (+4,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.554,98
    +74,17 (+5,01%)
     
  • S&P500

    4.536,90
    +17,27 (+0,38%)
     
  • DOW JONES

    35.618,22
    +160,91 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.377,00
    -21,50 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4588
    -0,0374 (-0,58%)
     

Intel Core i5 12400 mostra superioridade sobre o Ryzen 5 5600X em primeiro teste

·3 minuto de leitura

Com estreia prevista para acontecer ainda em outubro, a família Intel Alder Lake se destaca pela adoção de uma arquitetura híbrida, com núcleos diferentes em um mesmo chip, incluindo P-Cores de alto desempenho e E-Cores de baixo consumo. No entanto, rumores indicam que alguns dos modelos da 12ª geração podem seguir o padrão antigo, empregando apenas P-Cores.

Em um teste completo divulgado neste final de semana pelo usuário Enthusiastic Citizen no fórum chinês Bilibili, responsável por alguns dos vazamentos já comprovados da família Alder Lake, o primeiro exemplar de um desses modelos de arquitetura tradicional foi vazado, mostrando bom desempenho apesar da ausência dos E-Cores.

Core i5 12400 supera concorrência em primeiros testes

O vazamento mostra diversas informações do Core i5 12400, uma das supostas soluções mais acessíveis da 12ª geração Alder Lake, e ao que parece, o chip testado já é um Retail Sample, versão final que chegará aos consumidores.

As estatísticas dos benchmarks mostram que o modelo tem 6 núcleos e 12 threads, sem E-Cores, com clock base de 2,5 GHz, boost de um único núcleo de 4,4 GHz e boost em todos os núcleos de 4,0 GHz, junto a 18 MB de cache L3.

A primeira boa notícia surge no teste de estresse do AIDA64, que revela os grandes ganhos de instruções por clock (IPC) e o enorme salto de eficiência oferecido pelo processo Intel 7 de 10 nm: com TDP de 65 W, o novo Core i5 mantém o consumo em 78,5 W mesmo quando atinge os 100% de uso, enquanto mantém a temperatura nos 60 ℃.

Mesmo operando a 100%, o Core i5 12400 mostra alta eficiência ao consumir apenas 78,5 W e atingir temperaturas na casa dos 60 ℃ (Imagem: Enthusiastic Citizen/Bilibili)
Mesmo operando a 100%, o Core i5 12400 mostra alta eficiência ao consumir apenas 78,5 W e atingir temperaturas na casa dos 60 ℃ (Imagem: Enthusiastic Citizen/Bilibili)

Bons resultados também são exibidos no teste de desempenho do CPU-Z, em que o i5 12400 marca 681 pontos em single-core e 4983 pontos em multi-core. A solução ultrapassa com boa margem o Ryzen 7 2700X em ambos os cenários, concorrente com 8 núcleos e 16 threads, e vence seu rival direto, o Ryzen 5 5600X, com vantagem de cerca de 10%. Em relação à geração anterior, a vantagem é ainda mais impressionante, chegando a 18% de vantagem.

Em desempenho, o novo Core i5 mostra vantagem de 10% sobre o Ryzen 5 5600X, e de 18% sobre o antecessor i5 11400 (Imagem: Enthusiastic Citizen/Bilibili)
Em desempenho, o novo Core i5 mostra vantagem de 10% sobre o Ryzen 5 5600X, e de 18% sobre o antecessor i5 11400 (Imagem: Enthusiastic Citizen/Bilibili)

Por fim, no Cinebench R20, O próximo chip intermediário da Intel atinge os 659 pontos em single-core, e 4.784 pontos em multi-core, mantendo assim as mesmas vantagens de 10% contra o Ryzen 5 5600X e de 18% em comparação ao i5 11400. Se considerarmos que deve ser vendida por menos de US$ 200 (~R$ 1.200), a novidade pode ser uma opção muito atraente para quem quer uma máquina robusta, mas não quer pagar a mais pela arquitetura híbrida.

Chip intermediário deve estrear apenas em 2022

Ainda que o lançamento da família Alder Lake ocorra no próximo dia 27, acredita-se que a Intel deva revelar inicialmente apenas as soluções mais poderosas da linha, com arquitetura híbrida, das séries K e KF. Tanto os modelos sem suporte a overclocking, quanto as variantes sem E-Cores, como é o caso do i5 12400, devem ser revelados apenas em 2022.

O Core i5 12400 e as opções mais acessíveis da família Alder Lake devem ser lançadas apenas no início de 2022 (Imagem: Divulgação/Intel)
O Core i5 12400 e as opções mais acessíveis da família Alder Lake devem ser lançadas apenas no início de 2022 (Imagem: Divulgação/Intel)

A gigante de Santa Clara também deve aguardar algumas semanas para disponibilizar placas-mãe intermediárias e de entrada, bem como estrear os chips Alder Lake em notebooks. A medida pode ter a intenção de trazer maior destaque à arquitetura híbrida, e causar uma boa impressão com saltos mais expressivos de desempenho.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos