Mercado abrirá em 9 h 45 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,41
    -0,05 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.762,00
    -4,80 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    62.988,25
    +121,88 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.396,40
    +15,45 (+1,12%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.779,47
    -13,67 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    29.682,66
    +39,97 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.967,50
    -46,50 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7100
    -0,0111 (-0,17%)
     

Intel confirma que processadores de 7nm chegarão em 2023

Felipe Ribeiro
·1 minuto de leitura

A Intel confirmou nesta terça-feira (23) que seus vindouros processadores de 7nm já têm uma janela de lançamento. Em conferência realizada com a imprensa, o novo CEO da companhia, Pat Gelsinger, revelou que os processadores desktop Meteor Lake e Granite Rapids serão lançados em 2023.

Isso acontece porque esses componentes passaram por alguns problemas em sua confecção e planejamento, o que gerou um atraso enorme no cronograma da Intel, com o início da fabricação acontecendo apenas no segundo trimestre de 2021. De acordo com a empresa, foi necessário refazer completamente a arquitetura desses processadores.

A revelação feita por Gelsinger foi bem rasa e não trouxe maiores detalhes. Porém, de acordo com o pessoal do Tom's Hardware, a companhia seguirá com problemas na fabricação desses processadores mesmo com a mudança de data. O resultado disso será a terceirização da produção de núcleos para a taiwanesa TSMC, muito embora a própria Intel tenha dito que fabricará a maioria dos processadores internamente.

Núcleos e design

Mesmo sem detalhes vindos da Intel, o mercado já possui algumas informações sobre como serão os novos processadores Meteor Lake e Granite Rapids. No caso do primeiro, será utilizado o design Foveros, preparado para o empilhamento lógico die-to-die, algo bem parecido com o que é visto nos componentes Lakefield. Os Meteor Lake também devem apresentar uma combinação híbrida de núcleos, com a mescla do Ocean Cove e Gracemont, mas com empilhamento em 3D.

Sobre os Granite Rapids, a ideia é que eles sejam usados mais em servidores e também sejam fabricados em litografia de 7nm. A expectativa é de lançamento em 2023. Seus núcleos e design, porém, não foram abordados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: