Mercado abrirá em 6 h 14 min
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,41
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.876,60
    +13,70 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    22.757,74
    -638,56 (-2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,14
    -14,72 (-2,74%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.104,84
    -555,63 (-2,57%)
     
  • NIKKEI

    27.664,88
    +155,42 (+0,56%)
     
  • NASDAQ

    12.548,50
    -75,50 (-0,60%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5377
    -0,0008 (-0,01%)
     

Intel Arc A770 e A750 surgem à venda no Brasil com estoque limitado

Placas de vídeo mais avançadas da Intel, a Arc A750 e A770 começaram a ser vendidas no Brasil sem um grande anúncio e em quantidade bastante limitada. Aparentemente seguindo uma estratégia de preço similar à adotada no exterior, as soluções estão disponíveis em modelos customizados da ASRock custando valores próximos aos cobrados pela Nvidia GeForce RTX 3060, sua concorrente direta.

Mais robusta das duas, a Arc A770 listada integra a série premium Phantom Gaming, com sistema de refrigeração encorpado de três ventoinhas e 2,8 slots de espessura, iluminação RGB configurável e overclock de fábrica — a frequência média de operação definida pela Intel é de 2.100 MHz, mas a ASRock promete 2.200 MHz. Por outro lado, a configuração utilizada embarca apenas 8 GB de RAM GDDR6, em vez de adotar os 16 GB presentes em variantes mais encorpadas, como o próprio modelo de referência da gigante de Santa Clara.

A Intel Arc A770 vendida no Brasil integra a linha premium Phantom Gaming da ASRock, com overclocking de fábrica e iluminação RGB (Imagem: ASRock)
A Intel Arc A770 vendida no Brasil integra a linha premium Phantom Gaming da ASRock, com overclocking de fábrica e iluminação RGB (Imagem: ASRock)

Com chip ACM-G10 totalmente habilitado, a placa embarca 32 Xe-Cores, compostos por 512 Vector Engines para totalizar 4.096 núcleos, além de 512 XMX Engines para IA, responsáveis por tecnologias como o upscaling com XeSS, e 32 RT Units para Ray Tracing. Com velocidade de 17,5 Gbps, a memória trabalha em uma interface de 256-bit para oferecer largura de banda de 560 GB/s. Segundo reviews, a combinação posiciona a A770 cerca de 14% à frente da RTX 3060.

A Arc A750 é mais modesta, e está sendo vendida em modelo pertencente à família de entrada Challenger, mesma da Arc A380 disponível por aqui, com 2,4 slots de espessura. Dito isso, há aplicação de overclock de fábrica, mais agressivo que o visto na A770 — a ASRock promete clock médio de 2.200 MHz, contra 2.050 MHz de referência da Intel. O conjunto de memória possui apenas uma versão, com 8 GB de RAM GDDR6.

Por sua vez, a Intel Arc A750 disponível no Brasil é parte da linha básica Challenger D, com visual sóbrio e overclocking de fábrica (Imagem: ASRock)
Por sua vez, a Intel Arc A750 disponível no Brasil é parte da linha básica Challenger D, com visual sóbrio e overclocking de fábrica (Imagem: ASRock)

Assim como a irmã mais poderosa, a placa utiliza chip ACM-G10, mas reduzido para 24 Xe-Cores, apresentando 448 Vector Engines, compostos por 3.584 núcleos e 448 XMX Engines, para recursos de Inteligência Artificial, bem como 24 RT Units para Ray Tracing. A memória trabalha com velocidade de 16 Gbps, também em interface de 256-bit, e fornece largura de banda de 512 GB/s. As análises indicam que a A750 tem desempenho similar à RTX 3060.

Até a publicação desse texto, as placas topo de linha da Intel estavam disponíveis somente pela Pichau, com apenas 6 unidades da Arc A770 e 7 unidades da A750. Os preços seriam reflexo de uma promoção de natal, com a solução mais avançada saindo por R$ 2.794,19 à vista, ou R$ 3.287,28 em até 12 vezes sem juros, e a GPU mais modesta vendida por R$ 2.299,99 à vista, ou R$ 2.705,87 em até 12 vezes sem juros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: