Mercado fechado

Intel anuncia notebook marca branca em meio à ascensão de AMD e Apple

Rubens Eishima
·4 minuto de leitura

A fabricante de processadores Intel revelou um novo integrante para a família de computadores NUC, mas com duas grandes diferenças. A primeira é que não se trata de um desktop compacto e a segunda é que a empresa não venderá o aparelho diretamente. O NUC M15 Laptop Kit é um design de referência que pode ser usado por outras marcas, oferecendo um bom equilíbrio de recursos e desempenho.

A Intel já tem uma longa experiência em oferecer especificações para as fabricantes, com iniciativas como o Centrino, Ultrabook e o recente Project Athena. Mas a empresa não é exatamente conhecida por fornecer soluções “marca branca“ — nas quais vende um projeto praticamente pronto que é personalizado por outras companhias.

Empresas parceiras da fabricante norte-americana têm a disposição um notebook com design que lembra o MacBookPro de alguns anos atrás, com visual minimalista e um trackpad generoso. O modelo conta com tela de 15 polegadas e bordas discretas mas, diferentemente de muitos PCs da categoria, não inclui um teclado numérico.

Configuração base inclui portas Thunderbolt (com plugue USB-C) nas duas laterais do notebook (Imagem: divulgação/Intel)
Configuração base inclui portas Thunderbolt (com plugue USB-C) nas duas laterais do notebook (Imagem: divulgação/Intel)

As especificações técnicas podem ser personalizadas de acordo com o cliente, claro, mas incluem componentes da própria Intel, como é de se esperar. O processador pode ser um dos modelos da 11ª geração (de codinome Tiger Lake), incluindo a aceleradora gráfica Intel Xe.

Além disso, o design de referência inclui a conexão de alta velocidade Thunderbolt, armazenamento SSD no padrão NVMe (sem as limitações de desempenho do antigo padrão SATA), e opções com o mais novo sistema de rede sem-fio, o Wi-Fi 6. O resultado é um aparelho que atende às especificações “Intel Evo”, mas a certificação (e o adesivo) fica por conta das empresas que venderão o notebook para o consumidor final.

A venda e suporte dos notebooks fica à cargo das parceiras da Intel, que devem oferecer modelos baseados no kit M15 a partir do ano que vem. Uma das primeiras empresas a anunciar um notebook baseado no projeto é a alemã Schenker, que venderá o aparelho com o nome de Vision 15.

O NUC M15 aproveita uma das forças da Intel que muita gente desconsidera, o seu enorme programa de parcerias — cujo abuso por parte da fabricante já levou a uma indenização à rival AMD. O lançamento acontece em um momento complicado para a marca, que não só viu sua liderança em processadores ameaçada pela linha Ryzen, como também perdeu uma de suas maiores clientes, a Apple.

Receita chamou a atenção em 2019

Esta não é a primeira vez que a Intel oferece um projeto pronto para parceiras. No ano passado, a norte-americana disponibilizou um notebook gamer, que se destacou por oferecer uma boa qualidade de construção e desempenho em um aparelho relativamente compacto e, claro, preço competitivo. O kit NUC-LAPQC71A também faz parte da família NUC, mas não recebeu o mesmo destaque dado ao novo M15.

O QC7 (como é mais conhecido) foi vendido em diversos mercados, com nomes como Maingear Element, Eluktronics MAG-15 ou CyberPowerPC Tracer III (nos EUA), XMG Fusion 15 (na Europa, pela alemã Schenker) ou Aftershock Vapor 15 Pro (na Austrália). O conceito por trás da iniciativa é simples, reduzindo o custo de projeto do aparelho (geralmente fora do orçamento de empresas regionais) e aproveitando a cadeia de fornecedores da Intel.

A fabricação do notebook fica à cargo da chinesa Tongfang, seguindo as personalizações de cada marca. A estratégia é usada no Brasil por exemplo por marcas como 2am e Avell, esta última que vende o mesmo QC7 com o nome de A60 MUV.

Notebook Avell A60 MUV segue as especificações do projeto Intel QC7 (Imagem: divulgação/Avell)
Notebook Avell A60 MUV segue as especificações do projeto Intel QC7 (Imagem: divulgação/Avell)

Black Friday é no Canaltech Ofertas

Está chegando a época com as melhores promoções do ano! A Black Friday 2020 vai acontecer no dia 27 de novembro e promete grandes descontos em várias categorias cobiçadas pelos brasileiros, como smartphones, smart TVs, notebooks, smartwatches, pulseiras inteligentes, monitores e muitos outros eletrônicos.

Para ajudá-lo a encontrar os menores preços da internet, o Canaltech Ofertas fará a cobertura em tempo real da Black Friday, e você pode receber os descontos diretamente no seu celular ao entrar em nossos grupos de WhatsApp e Telegram. Não deixe para se preparar em cima da hora, clique no link abaixo e comece a economizar imediatamente!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: