Mercado abrirá em 5 h 31 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,30
    +0,85 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.741,10
    -10,90 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    41.800,38
    -1.970,08 (-4,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.036,86
    -64,66 (-5,87%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.062,93
    -0,47 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    24.567,15
    +358,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.060,50
    -134,25 (-0,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Intel anuncia linha Xeon E-2300 Rocket Lake em 14 nm para pequenos servidores

Pouco mais de um mês após anunciar a família W3300 Ice Lake para servidores mais encorpados e data centers, a Intel revelou nesta semana a linha Xeon E-2300 Rocket Lake-E de entrada, focada em servidores menores de pequenos negócios ou mesmo de usuários mais avançados.

Como o nome sugere, os novos chips compartilham muitos dos aspectos vistos na linha Core Rocket Lake-S de 11ª geração para usuários comuns, com a diferença de contar com recursos específicos exclusivos para processadores Xeon.

Linha Xeon E-2300 chega em 14 nm com até 8 núcleos

A nova linha Xeon E-2300 é produzida na litografia de 14 nm e emprega os recentes núcleos Cypress Cove, que estrearam com a 11ª geração Rocket Lake para desktops, cuja arquitetura é similar aos núcleos Sunny Cove da 10ª geração Ice Lake, mas portada para o processo de fabricação mais antigo. Com essas mudanças, a Intel promete ganhos de até 17% de desempenho em comparação à família Xeon E-2200 Coffee Lake-E.

Utilizando os novos núcleos Cypress Cove e chipset C250, os Xeon E-2300 prometem ganhos de até 17% de desempenho e trazem suporte ao barramento PCI-E 4.0 (Imagem: Divulgação/Intel)
Utilizando os novos núcleos Cypress Cove e chipset C250, os Xeon E-2300 prometem ganhos de até 17% de desempenho e trazem suporte ao barramento PCI-E 4.0 (Imagem: Divulgação/Intel)

As principais diferenças em comparação aos irmãos voltados para consumidores comuns estão na adição dos recursos Intel SGX (Software Guard eXtensions), um conjunto de instruções de código e modificações de hardware dedicados a aumentar a segurança dos processos realizados, através da encriptação dos dados e isolamento das informações utilizadas pelos programas e armazenadas na memória.

A série é composta por 10 modelos, com TDPs que variam entre 65 W e 95 W, e contagem entre 4 e 8 núcleos, quase todos com Hyper-Threading — há dois modelos de entrada, o E-2314 e o E2324G, que não contam com o recurso. Os clocks são bastante elevados e atingem os 5,1 GHz, mas o foco por aqui é a estabilidade em vez da máxima performance, considerando o uso ao qual os chips são destinados.

Outras novidades em comparação à geração anterior incluem gráficos integrados Xe LP, RAM DDR4-3200 e conexões USB 3.2 Gen 2x2 a 20 Gbps (Imagem: Divulgação/Intel)
Outras novidades em comparação à geração anterior incluem gráficos integrados Xe LP, RAM DDR4-3200 e conexões USB 3.2 Gen 2x2 a 20 Gbps (Imagem: Divulgação/Intel)

Há ainda algumas variantes com final G, equipadas com as GPUs integradas UHD Graphics 750 e UHD Graphics 730 de 12ª geração, baseadas na microarquitetura Xe LP. Essas também são as mesmas iGPUs utilizadas pelos processadores Rocket Lake-S, e entregam poder de processamento razoável, mas significativamente mais robusto que as antecessoras.

Outras áreas atualizadas com o lançamento incluem ainda a nova plataforma Tatlow, com suporte a um único soquete H5 (LGA 1200) e chipset C250, além da RAM e conectividade, que ganharam upgrades substanciais.

A família Xeon E-2300 é composta por 10 modelos, que chegam a até 8 núcleos rodando a 5,1 GHz (Imagem: Divulgação/Intel)
A família Xeon E-2300 é composta por 10 modelos, que chegam a até 8 núcleos rodando a 5,1 GHz (Imagem: Divulgação/Intel)

A família é compatível com até 128 GB de RAM ECC DDR4 a 3.200 MHz em configuração dual-channel, e estreia o barramento PCI-E 4.0, com 20 lanes. Além disso, há suporte a até 10 conexões USB 3.2 Gen 2x1 (10 Gbps) e três portas USB 3.2 Gen 2x2 (20 Gbps).

Preço e disponibilidade

A família Intel Xeon E-2300 já está disponível no exterior, com preços que partem dos US$ 182 (cerca de R$ 945, em conversão direta) e chegam aos US$ 539 (algo em torno de R$ 2.800). Ainda não há informações sobre as novas placas-mãe baseadas no chipset C250. Confira os valores completos a seguir:

  • Intel Xeon E-2388G — US$ 539 (~R$ 2.800)

  • Intel Xeon E-2378G — US$ 494 (~R$ 2.570)

  • Intel Xeon E-2378 — US$ 362 (~R$ 1.885)

  • Intel Xeon E-2386G — US$ 450 (~R$ 2.340)

  • Intel Xeon E-2356G — US$ 311 (~R$ 1.620)

  • Intel Xeon E-2336 — US$ 284 (~R$ 1.480)

  • Intel Xeon E-2374G — US$ 334 (~R$ 1.740)

  • Intel Xeon E-2334 — US$ 250 (~R$ 1.300)

  • Intel Xeon E-2324G — US$ 209 (~R$ 1.090)

  • Intel Xeon E-2314 — US$ 182 (~R$ 945)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos