Mercado abrirá em 9 h 21 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,12
    +0,67 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,90
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    42.468,46
    -1.620,68 (-3,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.051,40
    -50,12 (-4,55%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.585,47
    +376,69 (+1,56%)
     
  • NIKKEI

    30.139,65
    -100,41 (-0,33%)
     
  • NASDAQ

    15.175,25
    -19,50 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2928
    -0,0140 (-0,22%)
     

Intel Alder Lake pode consumir até 250 W e atingir mais de 90 °C, sugere teste

·3 minuto de leitura

Previstos para chegar ao mercado ainda neste ano, os processadores Intel Alder Lake de 12ª geração marcarão a primeira grande mudança completa de arquitetura da fabricante em anos. Além de finalmente adotarem a litografia de 10 nm, as soluções contaram com um design híbrido, trazendo núcleos de alto desempenho, os P-Cores, junto a núcleos de baixo consumo, os E-Cores, já detalhados pela companhia.

Apesar da proposta prometer um salto massivo de desempenho, ponto reforçado por vazamentos, os novos chips podem acabar não sendo tão eficientes quanto a proposta híbrida parece indicar. Pelo menos é o que mostra teste recente de um executivo da Lenovo, realizado com uma CPU ainda desconhecida da Intel, possível integrante da família Alder Lake.

Testes mostram chip Alder Lake com altos consumo e temperatura

Uma publicação na rede social chinesa Weibo feita pelo gerente de produtos de desktops gamer da Lenovo, identificado pelo apelido WolStame, mostra testes de uma CPU desconhecida da Intel feitos no programa AIDA64, com temperaturas e números de consumo registrados pelo HWiNFO.

A solução em questão mostra temperaturas elevadas, que chegam a 93 °C no ponto mais quente com média de 87 °C, e consumo bastante alto, com picos de 255 W. Segundo o executivo, o computador, parte da linha gamer da Lenovo, encontrava-se estabilizado após uma hora de execução do benchmark.

Ao fundo, é possível notar parte da contagem de threads do chip no gerenciador de tarefas do Windows 10, com apenas doze delas visíveis. Considerando o layout da página, acredita-se que este seja o Core i9 12900K, cujo número de threads chega a 24 — as doze threads restantes podem estar escondidas na outra metade da janela que não aparece na imagem. Curiosamente, a postagem já foi apagada.

Os números assustam, mas é preciso levar em consideração alguns pontos: não sabemos qual sistema de resfriamento está sendo utilizado, e os testes de estresse do AIDA64 são muito intensos, não representando um cenário real de uso. Jogar ou mesmo editar vídeos devem consumir menos energia e gerar menos calor. Além disso, esses valores não são de todo estranhos, já tendo aparecido em rumores recentes.

Números batem com vazamentos recentes

O portal Igor's Lab divulgou neste mês detalhes sobre os diferentes níveis de consumo dos novos processadores Alder Lake, e até mesmo de seus sucessores, a 13ª geração Raptor Lake. Segundo as tabelas, apesar de ter um PL1 (Power Level 1, nível de consumo em que a CPU se estabiliza na maior parte do tempo) de 125 W, a linha Alder Lake pode chegar aos 241 W em boost, o chamado PL2, e até mesmo apresentar picos curtos de 359 W, o PL4.

Rumores reforçam o alto consumo dos Alder Lake em uso intenso, situação que deve ser mantida com os sucessores Raptor Lake (Imagem: Reprodução/Igor's Lab)
Rumores reforçam o alto consumo dos Alder Lake em uso intenso, situação que deve ser mantida com os sucessores Raptor Lake (Imagem: Reprodução/Igor's Lab)

Os dados indicam que a situação não deve ser muito diferente com os chips Raptor Lake — o PL2 deve ser mais alto, atingindo 253 W, ainda que o PL4 seja mais baixo, com 314 W. De toda forma, é importante ressaltar que é preciso esperar o lançamento dos novos processadores e os primeiros testes oficiais para termos certeza de como as soluções se comportarão em jogos e uso cotidiano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos