Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,73
    -0,32 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.786,80
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    50.460,86
    -225,31 (-0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.303,85
    -17,43 (-1,32%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    24.008,56
    +24,90 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    28.750,55
    +294,95 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    16.363,75
    +45,75 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3455
    +0,0058 (+0,09%)
     

Instituição cria bolsa de estudos em homenagem a diretora morta

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O AFI (American Film Institute -- Instituto Americano de Cinema, em tradução livre) criou um fundo de bolsas de estudo em homenagem a Halyna Hutchins, morta aos 42 anos. A diretora de fotografia recebeu um tiro com arma manuseada pelo ator Alec Baldwin, 63, na quinta-feira (21).

O fundo do AFI se concentrará em oferecer oportunidades a mulheres dentro de suas áreas de atuação. As doações podem ser feitas através do site do instituto.

Em uma mensagem no Twitter, o marido da diretora, Matt Hutchins, agradeceu a iniciativa. "Obrigado aos amigos e mentores de Halyna na AFI por estabelecer uma bolsa para homenagear sua memória e apoiar as aspirantes a cineastas. Qualquer pessoa que queira homenagear a memória dela, por favor, direcione sua doação para este fundo", escreveu Matt na rede social.

O Instituto escreveu uma homenagem à diretora morta na página de arrecadação para o fundo que leva seu nome. "Prometemos que Halyna Hutchens viverá no espírito de todos os que se esforçam para ver seus sonhos realizados em histórias bem contadas", escreveu a AFI.

ENTENDA O CASO

O acidente que vitimou a diretora aconteceu no Bonanza Creek Ranch, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (21). Halyna foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do México, mas não resistiu aos ferimentos.

O diretor do longa, Joel Souza, 48, recebeu alta hospitalar após se ferir. Quem confirmou essa informação foi uma das estrelas do filme, Frances Fisher.

De acordo com o The New York Times, foi o o próprio Alec Baldwin que disparou a arma. O disparo teria sido acidental e Baldwin não ficou ferido. "Estamos tentando determinar agora como e que tipo de projétil foi usado na arma de fogo", disse Juan Rios, porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé.

Segundo a Variety, ninguém foi preso e investigadores conversam com várias pessoas para apurar o que aconteceu. Uma fonte próxima disse que Baldwin foi interrogado e estava chorando, segundo o Santa Fe New Mexican.

O Deadline ouviu de fontes que o ator principal engatilhou a arma durante um ensaio e atingiu os diretores do longa. O set foi bloqueado e uma velha igreja foi bloqueada, de acordo com relatos da imprensa local. Bonanza Creek Ranch é conhecido por produções de filmes de faroeste.

Um porta-voz de produção da Rust Movie Productions LLC disse ao Deadline: "Houve um acidente hoje nas filmagens de "Rust", no Novo México, envolvendo a falha de ignição de uma arma de suporte. Duas pessoas foram levadas ao hospital e estão recebendo cuidados. A produção foi interrompida. A segurança de nosso elenco e equipe continua sendo nossa principal prioridade."

"Os detetives estão investigando como [a arma foi usada] e que tipo de projétil foi disparado", disse o Gabinete do Xerife em um comunicado na quinta. "Este incidente continua sendo uma investigação ativa. À medida que mais informações forem disponibilizadas, atualizações serão fornecidas."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos