Mercado fechará em 1 min
  • BOVESPA

    121.918,85
    -3.756,48 (-2,99%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.930,09
    -704,51 (-1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,85
    +0,23 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.817,40
    -18,40 (-1,00%)
     
  • BTC-USD

    39.507,67
    -225,68 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    935,35
    -14,55 (-1,53%)
     
  • S&P500

    4.394,84
    -24,31 (-0,55%)
     
  • DOW JONES

    34.934,26
    -150,27 (-0,43%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.945,00
    -92,75 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1739
    +0,1334 (+2,21%)
     

Instalação do Windows 11 Home exigirá conexão com a internet

·2 minuto de leitura

Nesta quinta-feira (24), a Microsoft apresentou formalmente o Windows 11, o seu novo sistema operacional. Entre uma série de novidades e uma janela longínqua de lançamento, a companhia deixou passar uma importante informação: além dos requisitos mínimos, será necessário estabelecer conexão com a internet para instalar uma das edições do SO.

Essa seria a versão Windows 11 Home, que provavelmente será a mais popular entre os usuários finais. Em sua página de descrição das novidades e das especificações exigidas para rodar o SO, a companhia determinou que a instalação do sistema “requer conectividade com a internet e uma conta da Microsoft para concluir a configuração do dispositivo no primeiro uso”.

Windows 11 virá com menu Iniciar retrabalhado e melhor gerenciamento de janelas (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Windows 11 virá com menu Iniciar retrabalhado e melhor gerenciamento de janelas (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Para alternar para o modo S do Windows 11 Home também será indispensável estar online. Essa modalidade, por sua vez, é uma versão simplificada do SO focada em segurança e desempenho em uma experiência familiar. Alternativa semelhante também estava disponível no Windows 10.

Os requisitos mínimos exigidos para rodar o W11, no geral, não são tão exigentes. Contudo, as especificações são significativamente maiores do que as da versão anterior. Elas são:

  • Processador 64-bit com 2 núcleos e com 1 GHz de frequência;

  • 4 GB de RAM;

  • 64 GB de armazenamento disponível;

  • GPU com suporte a DirectX 12;

  • Monitor de 9 polegadas ou superior com resolução de 720p;

  • Firmware com suporte a UEFI e Secure Boot;

  • Placa-mãe com TPM 2.0.

A demanda por conexão sugere que a Microsoft colocará a experiência com serviços em primeiro plano com o Windows 11. Anteriormente, a instalação podia ser finalizada com um perfil local, independente de estar online ou não; contudo, logar em uma conta traria vantagens importantes: sincronização de serviços, automação de várias etapas das configurações, download de aplicativos de outras máquinas e por aí vai.

Uma vez instalado, o usuário poderia cortar a conexão com a internet quando quisesse. Não está claro se a ação traria consequências, mas é provável que o sistema operacional tente lembrar o usuário de estabelecer a conexão depois de algum tempo para baixar atualizações de segurança.

O Windows 11 ainda não tem data de lançamento, mas a Microsoft pretende disponibilizá-lo em algum momento no início de 2022. Na semana que vem, o sistema será liberado para o público de forma oficial através do Windows Insider, programa de acesso antecipado da Microsoft.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos