Mercado abrirá em 47 mins
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,59
    +0,13 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.780,00
    +13,20 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    60.852,47
    -1.441,80 (-2,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.354,15
    -26,80 (-1,94%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    7.019,73
    +36,23 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.041,25
    +27,25 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7374
    +0,0163 (+0,24%)
     

Instagram trabalha em versão infantil app

·1 minuto de leitura
O Instagram disse que trabalha em uma versão centrada em imagens para crianças menores de 13 anos, com controle parental

O Instagram anunciou que está desenvolvendo uma versão focada em imagens para crianças menores de 13 anos, com opções de controle parental.

O anúncio, confirmado por uma reportagem do BuzzFeed News, ocorre em meio a preocupações com a dificuldade de manter os menores de idade longe dos perigos das redes sociais.

Adam Mosseri, chefe da plataforma de propriedade do Facebook, afirmou no Twitter na noite desta quinta-feira (19) que "as crianças perguntam cada vez mais aos pais se podem entrar em aplicativos que os ajudem a manter contato com os amigos".

"Estamos explorando uma versão do Instagram onde os pais tenham o controle, como fizemos com o Messenger Kids", acrescentou.

Os tuítes de Mosseri receberam respostas com temores sobre assédio ou conteúdos impróprios e a luta contínua das redes contra esses tipos de abuso.

"Não damos coisas às crianças apenas porque elas QUEREM", disse uma mãe em resposta a Mosseri. "Não damos às crianças ferramentas perigosas para brincar enquanto os adultos ainda não descobriram como torná-las seguras", acrescentou.

O Instagram, assim como sua empresa-mãe, o Facebook, só permite que pessoas acima de 13 anos criem contas, mas na internet verificar a idade é um desafio.

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Instagram revelou essa semana recursos destinados a evitar que crianças abram contas e que adultos entrem em contato com jovens que não conhecem. Adultos serão proibidos de enviar mensagens a menores de 18 anos que não sejam seus seguidores.

Da mesma forma, o Instagram procura formas de dificultar que maiores de idade que exibiram "comportamento potencialmente suspeito" interajam com adolescentes.

gc/rl/yow/ll/ic/mvv