Mercado abrirá em 5 h 51 min

Instagram testa novidades que prometem refinar a recomendação de conteúdo

Nesta terça (30), o Instagram começou experimentos com duas novas maneiras de refinar a experiência no app em relação aos conteúdos recomendados. Os novos recursos, que mais incrementam funcionalidades conhecidas do que introduzem conceitos inéditos, devem ajudar a plataforma a tornar o feed mais limpo de conteúdo indesejado e melhor entender o que o usuário gosta de ver no uso cotidiano.

A primeira função é um aprimoramento da opção “Não estou interessado”: usuários poderão selecionar várias publicações da aba Explorar e sinalizar desinteresse pelo conteúdo para o algoritmo. Os posts marcados como desinteressantes somem imediatamente da seção Explorar e aquele tipo de conteúdo não deve mais ser exibido (ao menos, em menor volume).

Usuários poderão mostrar desinteresse em mais de um post ao mesmo tempo na aba Explorar (Imagem: Reprodução/Instagram)
Usuários poderão mostrar desinteresse em mais de um post ao mesmo tempo na aba Explorar (Imagem: Reprodução/Instagram)

Evitando hashtags

A outra adição que deve incrementar o direcionamento de conteúdo no Instagram é a opção de ocultar publicações com certas palavas, frases, emojis e hashtags na legenda. As palavras serão pré-determinadas pelos usuários, mas a empresa não entrou em detalhes sobre a seção dedicada ao recurso.

O Instagram permitirá evitar publicações com palavras, frases, emojis e hashtags específicas (Imagem: Reprodução/Instagram)
O Instagram permitirá evitar publicações com palavras, frases, emojis e hashtags específicas (Imagem: Reprodução/Instagram)

“Quando os usuários virem algo que não é relevante ou no qual não estão mais interessados, poderão usar esse controle para ocultar esse conteúdo e continuar vendo mais do que gostam", explicou o Instagram.

Ferramentas em teste

Por se tratar de um experimento, a disponibilidade dos novos recursos deve ser limitada. Se a novidade não chegou para você, vale verificar se o app está atualizado na Play Store e na App Store.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: