Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.519,65
    +305,91 (+0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Instagram testa exibição de publicações de contas que o usuário não segue

·2 minuto de leitura

O Instagram testa, mais uma vez, apresentar publicações sugeridas no feed principal. A novidade, testada pela primeira vez em agosto do ano passado, visa aumentar a permanência do usuário na plataforma, enquanto dá espaço para que criadores alcancem público fora da aba Explorar e experimentam um sistema de recomendação de conteúdo mais amplo.

Dessa vez, a nova avaliação é acompanhada por controles para a exibição de conteúdo. Usuários podem definir os tópicos que acham mais interessantes e suspender as recomendações por 30 dias para acompanhar somente aquilo que seguem. Na prática, o feed toma um pouco da capacidade da aba Explorar.

Se alguma recomendação for inconveniente, você poderá suspender posts relacionados através do feedback. Cada publicação será acompanhada por um botão de avaliação. De lá, o dono da conta pode suspender a exibição dessa categoria de conteúdo, suspender as recomendações por 30 dias ou bloquear a exibição daquele perfil.

Fique só mais um pouco

A revisão do teste sugere que este é um caminho que o Instagram deve seguir para tornar o feed principal mais atrativo, pelo menos para conter usuários por mais tempo na plataforma. Ainda assim, pessoas menos ativas na rede social podem achar a inclusão de publicações de estranhos invasiva e, nesses casos, então, podem recorrer ao botão de suspensão.

Essa pode ser uma das abordagens do Instagram para combater com um dos seus rivais mais recentes, o TikTok, na exibição de conteúdo direcionado. Naturalmente, expandir os horizontes do feed principal torna a rede mais interessante para criadores, que alcançarão não seguidores com mais frequência.

Instagram testa novidade para tentar prender mais o usuário na rede social (Imagem: Reprodução/Instagram)
Instagram testa novidade para tentar prender mais o usuário na rede social (Imagem: Reprodução/Instagram)

Além disso, os controles de personalização garantiriam ao usuário pelo menos a sensação de estar no controle sobre o conteúdo que vê. Embora o algoritmo da rede social já seja capaz de identificar seus gostos e preferências, disponibilizar opções para você tira parte daquela sensação invasiva de que o celular está sempre vigiando e que sabe cada detalhe sobre sua vida.

Neste primeiro momento, o teste de sugestões no feed será feito em países anglófonos e para uma quantidade limitada de usuários. Não há garantias de que o recurso será implementado de forma definitiva, tampouco se o modelo chegará ao Brasil em algum momento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos