Mercado abrirá em 7 h 30 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,47
    +0,90 (+1,37%)
     
  • OURO

    1.778,00
    -6,30 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    56.562,70
    -655,54 (-1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.435,02
    -34,06 (-2,32%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.714,00
    +55,08 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    27.833,33
    -102,29 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    15.951,25
    +81,50 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4506
    +0,0038 (+0,06%)
     

Instagram pede que contas suspeitas façam vídeos de verificação

·2 min de leitura
Instagram está pedindo a alguns usuários que forneçam uma selfie em vídeo mostrando vários ângulos de seus rostos para verificar se eles são uma pessoa real. (Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Uma das redes sociais da Meta quer diminuir o número de contas falsas na plataforma

  • Ideia é gravar um vídeo mostrando todos os lados do seu rosto e fazer verificação

  • Promessa da Meta de não armazenar ou postar os dados pode não tranquilizar alguns usuários

O Instagram está pedindo a alguns usuários que forneçam uma selfie em vídeo mostrando vários ângulos de seus rostos para verificar se eles são uma pessoa real, de acordo com as capturas de tela postadas no Twitter pelo consultor de mídia social Matt Navarra. A rede social tem lutado por muito tempo com contas de robôs, que podem deixar mensagens de spam, assediar pessoas ou ser usadas para aumentar artificialmente a contagem de curtidas ou seguidores. Um tweet do Instagram de propriedade da Meta diz que está pedindo a contas suspeitas para verificar se são humanos, não robôs.

Leia também

A empresa começou a testar o recurso no ano passado, mas enfrentou problemas técnicos. Vários usuários relataram recentemente que foram solicitados a tirar uma selfie em vídeo para verificar suas contas existentes.

Outra usuária do Twitter, Bettina Makalintal, postou uma captura de tela da tela de ajuda para a etapa em que você realmente tira a selfie do vídeo - ela reitera que está olhando "todos os ângulos do seu rosto" para provar que você é uma pessoa real e mostra que a tela de verificação está aparecendo para várias pessoas.

Meta promete não guardar dados, mas usuários não confiam

O Instagram postou no Twitter que contas que tiveram comportamento suspeito (como seguir rapidamente uma tonelada de contas) podem ser solicitadas a fazer uma selfie em vídeo. A empresa também reiterou que o recurso não usa reconhecimento facial e disse que as equipes do Instagram analisam os vídeos.

A mudança pode surpreender alguns, dado o recente anúncio da Meta de que encerraria um de seus recursos de reconhecimento facial. Como a empresa reiterou desde então, ela estava apenas fechando um recurso específico do Facebook, não o uso de reconhecimento facial por Meta como um todo. No entanto, a mensagem do Instagram é que o recurso de vídeo selfie não usará reconhecimento de rosto e que o vídeo será excluído após 30 dias.

A promessa do Meta de não armazenar ou postar os dados pode não tranquilizar alguns usuários que já não confiam no Meta / Facebook. As pessoas podem se lembrar da época em que um bug permitia que os invasores acessassem as informações de aniversário supostamente particulares dos usuários do Instagram (que em breve você deverá fornecer para usar o aplicativo) com apenas um DM. Claro, o Instagram não prometeu excluir as informações do aniversário como diz que fará com a selfie do vídeo, mas seria difícil culpar as pessoas (especialmente menores ou aqueles que querem permanecer anônimos) por se sentirem desconfortáveis ​​em fornecer esses dados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos