Mercado abrirá em 3 h 30 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,96
    +1,39 (+1,27%)
     
  • OURO

    1.827,90
    +3,10 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    21.144,52
    -289,63 (-1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    461,73
    -0,07 (-0,01%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.340,97
    +82,65 (+1,14%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.108,50
    +68,00 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5345
    -0,0096 (-0,17%)
     

Instagram ganha novas ferramentas para controle parental

A Meta acaba de anunciar novos recursos de monitoramento parental para o Instagram e os headsets de realidade virtual Quest. A empresa também testa ferramentas de controle de tempo e conteúdo na rede social.

O monitoramento dos óculos permite aos pais ou responsáveis bloquearem apps (incluindo navegadores da web) e os recursos de Link e Air Link para impedir que os adolescentes acessem ao conteúdo de um PC por meio dos headsets. Além disso, é possível acessar a lista de apps e de amigos, o tempo de tela e receberem alertas quando qualquer aplicativo é comprado.

O “Painel de Pais” também permitirá que os responsáveis tenham controle sobre as compras de aplicativos com a habilitação da solicitação de compra para os adolescentes. Outra novidade anunciada pela Meta foi a adição de conteúdos sobre VR voltado para pais ou responsáveis na Central Familiar, para que possam discutir sobre o assunto com os jovens.

Segundo a Meta, o recurso de controles parentais para os headsets Quest estão sendo implementados gradualmente nos países e deve ser liberado em âmbito global em breve.

Agora os responsáveis podem supervisionar as atividades nos headsets dos adolescentes (Imagem: Reprodução/Meta)
Agora os responsáveis podem supervisionar as atividades nos headsets dos adolescentes (Imagem: Reprodução/Meta)

Supervisão no Instagram

Outra novidade anunciada pela Meta inclui as ferramentas de supervisão parental do Instagram lançadas nos EUA em março deste ano, que chegarão ainda neste mês em mais países com opções estendidas.

Os pais e responsáveis poderão convidar os adolescentes para iniciar o processo de supervisão, definir limites de tempo para o uso do Instagram de acordo com intervalos específicos e saber mais detalhes quando qualquer postagem é reportada pelos menores, além de ver quais usuários eles seguem e quem os segue.

A Meta anunciou que os seus recursos de supervisão para o Instagram já estão sendo liberados para os seguintes países: Reino Unido, Japão, Austrália, Irlanda, Canadá, França e Alemanha. As ferramentas devem ser lançadas globalmente ainda este ano.

Incentivo à mudança de tópicos

Além do controle de tempo na rede social, o Instagram também testa o recurso de “nudge” ou “empurrãozinho”, em tradução livre, para incentivar adolescentes a buscarem um tópico diferente caso passem muito tempo consumindo o mesmo tipo de conteúdo na guia Explorar. Com o recurso, os usuários mais jovens receberão uma notificação na rede social que recomenda a mudança de tópico.

“Criamos esse novo recurso porque pesquisas sugerem que os nudges podem ser eficazes para ajudar as pessoas, especialmente os adolescentes, a ter mais consciência de como estão usando as mídias sociais no momento“, revela a Meta.

Instagram incentivará adolescentes a mudarem de tópicos (Imagem: Reprodução/Meta)
Instagram incentivará adolescentes a mudarem de tópicos (Imagem: Reprodução/Meta)

Pausa e bem-estar

A rede social também vai lançar novos lembretes para que adolescentes mantenham ligado o aviso sobre muito tempo gasto no Instagram quando estiverem na sessão dos Reels. Essa ferramenta está em fase de testes em Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Para incentivar ainda mais o bem-estar dos jovens, a Meta também lançou um programa de financiamento e educação para que criadores de conteúdo inspirem adolescentes com o desenvolvimento de conteúdos socialmente responsáveis.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos