Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,45
    +0,31 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.886,70
    +1,90 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    23.258,65
    +444,38 (+1,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,56
    +8,61 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.717,65
    +32,18 (+0,12%)
     
  • NASDAQ

    12.752,75
    -24,00 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5787
    +0,0016 (+0,03%)
     

Instagram expande uso de pronomes em perfis para o Brasil

O Instagram liberou a opção de incluir pronomes na biografia do perfil em mais idiomas como o português e o espanhol. Essa opção já existia na versão em inglês da rede social desde 2021, e agora começa a desembarcar em mais países ao redor do globo, incluindo o Brasil.

A ferramenta possibilita usar os pronomes de tratamento (tradicionais e sem gênero), pessoais — "o" e "a" — e possessivos, como "seu", "sua", "seus" e "dele". O objetivo, segundo a plataforma, é construir um ambiente mais acolhedor para a comunidade.

Pronomes neutros podem ser usados para quem é não-binário (Imagem: Divulgação/Instagram)
Pronomes neutros podem ser usados para quem é não-binário (Imagem: Divulgação/Instagram)

"Observamos que os pronomes já eram incluídos de diferentes formas no perfil, como no nome de usuário ou na própria descrição da bio. Pensando nisso, desenvolvemos um campo específico para os pronomes, oferecendo essa opção para quem se sente confortável e deseja preenchê-la", explicou um porta-voz do Instagram.

O recurso é totalmente opcional e pode ser adicionado por quem não se sente confortável em ser tratado por pronomes errados. É uma solução muito importante para a população LGBTQI+, pois permite aos visitantes do perfil saber como aquela pessoa deseja ser chamada. Essas são as opções mais comuns disponíveis:

  1. ela/dela;

  2. ele/dele;

  3. elu/delu;

  4. ile/dile.

O pronome "elu" e "delu" não existe formalmente na língua portuguesa, mas é considerada uma forma neutra de se referir às pessoas não-binárias. O uso é amplamente defendido por grupos de defesa dos direitos humanos como uma forma de inclusão, bem como para combater o sexismo das formas unicamente masculinas ou femininas.

A implementação dessa novidade é fruto de um trabalho desenvolvido pelo Instagram como especialistas e ONGs externas, como GLAAD, The Trevor Project e PFLAG nos Estados Unidos. A plataforma produziu uma lista de pronomes inclusivos, sugeridos também pelo time interno Pride@ (colaboradores LGBTQI+ da Meta) e coletou feedbacks dessas instituições sociais para otimizar a implantação.

Como incluir o pronome de tratamento no Instagram?

O campo de pronomes é exibido na bio do perfil (Imagem: Divulgação/Instagram)
O campo de pronomes é exibido na bio do perfil (Imagem: Divulgação/Instagram)

Para incluir seu pronome na bio do Insta, basta seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse seu perfil pelo aplicativo;

  2. toque na opção "Editar perfil" no topo, abaixo das informações e da foto;

  3. O campo "Pronomes" está embaixo do nome de usuário;

  4. Você pode escolher o idioma desejado e o pronome de preferência.

É possível marcar uma opção para exibir seu pronome apenas para amigos. A medida pode dar um pouco mais de privacidade para quem não se sente à vontade de exibir sua orientação sexual para desconhecidos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: