Mercado fechado

Instagram está testando restrição de posts por país e hashtags automáticas

Rafael Arbulu
Pesquisadora de apps Jane Wong apontou no Twitter que a rede social está testando uma ferramenta de “geofencing”, ou seja, restringir posts a países e locais específicos; a especialista também indica testes de inserção automática de hashtags nas legendas das fotos

Dois novos recursos podem estar chegando ao Instagram: de acordo com informações da pesquisadora de apps Jane Manchun Wong, a rede social de fotos vem testando uma função de geofencing — ou seja, restringir publicações a países e locais específicos —, além de uma ferramenta que permite linkar hashtags sem ter de digitá-las nas legendas dos posts. As informações foram publicadas por Wong em sua conta oficial no Twitter.

Diversas redes sociais permitem restringir ou segmentar as publicações por localidade, sobretudo Twitter e Facebook. Programas televisivos e eventos esportivos dos EUA, por exemplo, costumam ser fechados para usuários do Brasil, dependendo de quem postou o conteúdo. Mais além, tal restrição permite que criadores de conteúdo desenvolvam peças para públicos-alvo específicos.


Já a automatização de hashtags, também informada por Wong via Twitter, traz uma compreensão mais simples: tornar mais fluída a digitação de legendas nos posts do Instagram. Um menu lateral é aberto com diversas sugestões de hashtags para que o usuário selecione, com um toque, quais ele deseja usar. Não está claro, porém, como essas sugestões serão montadas — popularidade de uso, talvez? Vale lembrar que o Instagram já tem um recurso similar atualmente, mas ele exige que você digite uma hashtag inteira para que a janela de sugestões se abra.

O Instagram não comentou as novas funções e ferramentas, então não há uma previsão de quando elas estarão disponíveis para uso.

Fonte: Canaltech