Mercado fechado

Instagram esconde foto photoshopada e gera dúvidas com filtro de notícias falsas

Felipe Junqueira

Anunciada em dezembro, uma nova medida que visa o combate às notícias falsas no Instagram já começou a apresentar falhas de aplicação. Um fotógrafo, usuário da rede social em questão, quis checar até que ponto uma foto editada pode ser considerada como “fake news” pela plataforma e descobriu que qualquer modificação pode gerar um alerta de informação falsa.

Tobi Harriman estava descendo por sua linha do tempo no Instagram quando se deparou com uma postagem marcada como “informação falsa”. Depois de ler o aviso, ele clicou em um link para ver a postagem mesmo assim, e se deparou com a foto abaixo.

Postagem marcada como falsa no Instagram tem montanhas na cor do arco-íris (Captura de tela via Facebook)

“É interessante ver esse aviso pela primeira vez ao descer pelo feed principal do Instagram. Parece que o Instagram (e também o Facebook) vai começar a marcar como falso o que é arte digital”, escreveu. “Provavelmente só se tal arte estiver listada em um site de checagem? Ou se a página do Instagram for listada como veículo de notícia vs artista?”, emendou, questionando sobre haver uma maneira de artistas evitarem que suas postagens sejam marcadas como falsas.

A dúvida de Harriman é justa. Afinal, o Instagram é uma rede social voltada principalmente à fotografia, sem nenhum tipo de regra contra fotos digitalmente modificadas. O assunto é complexo, pois pode envolver a intenção da postagem, também. Quando uma foto modificada, que é divulgada sem nenhum tipo de aviso, deve ser marcada como falsa?

Posteriormente, o próprio fotógrafo reconheceu que foi um pouco apressado ao apontar um possível erro da plataforma. Ele foi atrás do artista original da fotografia e descobriu que não há intenção nenhuma de enganar as pessoas: trata-se de um artista gráfico, que modifica todas as fotos de maneira bastante parecida. E, para a maioria dos olhos, são imagens claramente alteradas. E não possui nenhuma postagem marcada como falsa.

"A conta que teve a postagem marcada como informação falsa é listada como 'mídia', ou seja, notícias. E eles definitivamente não buscaram permissão nem deram nenhum crédito [ao autor original], então a página devia ser deletada”, observou Harriman. Há apenas a postagem do perfil MIX Society, que ainda não deixou nada na legenda sobre a imagem ser uma montagem, dando a impressão de que existe o local da foto e que, ainda assim, passou pela checagem.

Autori original faz diversas montagens parecidas e deixa isso claro em seu perfil (Captura de tela via Facebook)

“Para determinar que conteúdo deve ser enviado aos checadores de fatos, usamos uma combinação de comentários da nossa comunidade e tecnologia”, informou o Instagram, quando anunciou o recurso, disponível apenas nos EUA, por enquanto. Ou seja, uma postagem é marcada como falsa quando há uma combinação de usuários e tecnologia detectando a possível desinformação, que depois é checada por uma equipe terceirizada.

O Canaltech entrou em contato com o Instagram para compreender melhor esse recurso, e como resposta recebeu a confirmação que, por conta do retorno da comunidade sobre a foto em questão, foi feita uma revisão do conteúdo, que não é mais classificado como falso. Veja a nota na íntegra:

"Informações potencialmente falsas são avaliadas por parceiros independentes. Se um verificador de fatos classificar um conteúdo como falso ou parcialmente falso, é nosso objetivo informar a todos que tal conteúdo foi desmentido - incluindo a publicação original e outras versões dela. Usamos tecnologia de correspondência de imagens para encontrar outras publicações de um mesmo conteúdo e aplicar o rótulo de classificação, ajudando a reduzir a disseminação de informações falsas. No entanto, após feedback da nossa comunidade, a NewsMobile revisou a verificação e alterou a classificação do conteúdo em questão. A publicação não está mais classificada como falsa no Instagram" - um porta-voz do Facebook.

*Matéria atualizada com a nota do Instagram

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: