Mercado fechará em 3 h 33 min
  • BOVESPA

    119.339,34
    -225,09 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.807,85
    +408,05 (+0,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,88
    -0,75 (-1,14%)
     
  • OURO

    1.816,70
    +32,40 (+1,82%)
     
  • BTC-USD

    57.443,23
    -101,14 (-0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.494,98
    +23,56 (+1,60%)
     
  • S&P500

    4.184,51
    +16,92 (+0,41%)
     
  • DOW JONES

    34.419,07
    +188,73 (+0,55%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.535,00
    +44,00 (+0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3616
    -0,0653 (-1,02%)
     

Instagram avalia possibilidade de usuários esconderem 'curtidas'

·1 minuto de leitura
O Instagram explora a possibilidade de permitir que os usuários ocultem o contador de "curtidas" para aliviar a pressão sobre as pessoas que buscam a aprovação de outras

O Instagram anunciou nesta quarta-feira (14) que está analisando permitir que os usuários ocultem o contador "Curtir", para aliviar a pressão sobre as pessoas que buscam a aprovação de outras.

Se o experimento em andamento no Instagram for bem-sucedido, a capacidade de ocultar "curtidas" pode ser permanente e até mesmo estendida ao seu proprietário, o Facebook.

"Em 2019, começamos a ocultar a contagem de 'curtidas' entre um pequeno grupo de pessoas para determinar se isso aliviava a pressão das postagens no Instagram", disse um porta-voz do Facebook à AFP.

"Algumas pessoas acharam benéfico, mas outras queriam ver o contador de 'Curtidas' para rastrear os mais populares".

A contabilização de "curtidas" em postagens de mídia social pode ser visto como um sinal de status ou riqueza, levantando questões de saúde mental.

Especialistas dizem que a busca insaciável por "likes" pode ser viciante e ter efeitos devastadores, especialmente para os mais jovens.

Em seu experimento, o Instagram permite que um pequeno número de usuários ao redor do mundo decida se querem ou não mostrar o contador "Curtidas" em suas postagens ou vê-lo em conteúdo compartilhado por outras pessoas.

"Estamos fazendo esse teste no Instagram para começar, mas também estamos explorando fazer algo semelhante no Facebook", disse o porta-voz.

O Facebook disse que tem trabalhado com especialistas para entender como ajustes de design - como o que está sendo testado no Instagram - podem ajudar no bem-estar dos usuários, dando-lhes controle sobre como desejam interagir com o serviço.

gc/rl/yow/lda/ap/mvv