Mercado fechado

Instagram agora tem suporte para NFTs no Brasil

O Instagram lançou hoje (4) o suporte para a exibição de tokens não fungíveis (NFTs) para o público geral, incluindo colecionadores brasileiros. As peças digitais únicas de imagens, vídeos, músicas, objetos tridimensionais ou cartões comerciais podem ser exibidos no perfil, visível para todos aqueles que passarem pela sua página pessoal.

Os testes com a exibição de colecionáveis digitais começaram em maio deste ano, quando a Meta apresentou o suporte para NFTs nas páginas pessoais do Instagram. No futuro, a plataforma também permitiria apresentar essas aquisições com efeito 3D e em realidade aumentada nos Stories.

Os NFTs são apresentados no Instagram com um efeito especial e podem ser acompanhados por descrições e identificação do artista (Imagem: Reprodução/Meta)
Os NFTs são apresentados no Instagram com um efeito especial e podem ser acompanhados por descrições e identificação do artista (Imagem: Reprodução/Meta)

Para exibir os tokens, usuários precisam vincular suas carteiras digitais aos seus perfis no Instagram. Após comprar um novo token não fungível, a publicação relacionada a ele terá um tratamento visual especial e poderá ser acompanhado por informações públicas que descrevem a obra (os posts serão visíveis também no perfil).

Se o perfil for público, o criador e o colecionador poderão ser marcados automaticamente no post do colecionável digital, incrementando o vínculo da obra com sua origem.

Expansão para mais 100 países

“Em homenagem à expansão dos NFTs colecionáveis para mais 100 países no Instagram e ao lançamento de novas integrações com Coinbase e Dapper, compartilho meu futuro cartão de beisebol NFT antigo, que alguém encontrou recentemente e me enviou”, anunciou o CEO da Meta, Mark Zuckerberg, em um post na rede social.

Num guia oficial, a Meta afirma que as carteiras MetaMask e Trust Wallet são algumas das plataformas compatíveis com o Instagram — no futuro, o suporte será expandido para Coinbase, Dapper e Phantom. Quanto às blockchains, o app é compatível com NFTs pertencentes às redes Ethereum, Polygon e Flow (e há planos de adicionar a Solana no futuro).

Segundo o Instagram, não haverá nenhuma cobrança adicional para exibir NFTs no seu perfil. Além disso, a rede social em si não será um lugar para comprar e vender tokens.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos