Mercado abrirá em 7 h 42 min
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,41
    +0,24 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.877,10
    +9,10 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    13.403,86
    -83,37 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    262,83
    +20,15 (+8,30%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.580,22
    -6,38 (-0,03%)
     
  • NIKKEI

    23.187,77
    -144,17 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    11.204,25
    -138,50 (-1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7541
    +0,0085 (+0,13%)
     

Instagram agora identifica jornais financiados por entidades governamentais

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

O Instagram começou a alertar os seus usuários caso eles visitem o perfil de um veículo de mídia ligado a alguma entidade governamental. Trata-se da mesma política já implementada no Facebook no mês de junho, tendo como objetivo garantir que os internautas saibam caso as opiniões editoriais de determinado jornal possam ser influenciadas pelos valores do partido político em atuação.

“O Instagram define 'mídia controlada pelo estado' como veículos de mídia que o Instagram acredita estar parcial ou totalmente sob o controle editorial de seu governo, com base em nossa própria pesquisa e avaliação em relação a um conjunto de critérios desenvolvidos para esse fim”, explica a rede social.

“Manteremos essas contas com um padrão mais alto de transparência porque acreditamos que combinam a influência de uma organização de mídia com o apoio de um estado”, complementa a página de suporte do aplicativo. A companhia promete ainda adicionar etiquetas similares em anúncios em um futuro próximo — algo importante se levarmos em conta que estamos bem perto das eleições presidenciais dos EUA em 2020.

Vale lembrar que o Instagram não é a primeira rede social a adotar uma iniciativa do gênero: recentemente, o Twitter também anunciou que iria “etiquetar” perfis de celebridades e veículos de mídia com ligações com entidades governamentais, categorizando jornais nos quais o governo “exerce controle sobre o conteúdo editorial através de recursos financeiros, pressões políticas diretas ou indiretas e controle sobre produção ou distribuição”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: