Mercado fechará em 5 h 49 min
  • BOVESPA

    101.259,75
    -658,25 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,52 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,74
    -1,11 (-2,79%)
     
  • OURO

    1.902,40
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    13.139,48
    +62,46 (+0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,32
    +1,86 (+0,71%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,13 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.832,94
    -27,34 (-0,47%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.561,75
    -101,75 (-0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6835
    +0,0196 (+0,29%)
     

Instagram admite erro e volta atrás após remover foto de homens se beijando

Marcus Couto
·2 minutos de leitura
Rafael Lugão acusou o Instagram de homofobia por remover sua foto beijando o namorado.
Rafael Lugão acusou o Instagram de homofobia por remover sua foto beijando o namorado.

A rede social de fotos Instagram voltou atrás, e admitiu ter errado ao remover uma foto em que um homem aparecia beijando seu namorado na boca. O conteúdo, segundo a empresa, foi apagado por engano, e restaurado assim que o erro foi detectado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O caso aconteceu com o brasileiro Rafael Lugão, e repercutiu no Twitter depois que Lugão expôs o caso. As informações são de reportagem do portal UOL.

Leia também

“Postei uma foto no Instagram beijando meu namorado. Comecei recebendo muitos comentários carinhosos de amigos mas logo em seguida surgiram alguns poucos comentários homofóbicos”, diz Lugão. “A foto estava com quase 1k de curtidas quando recebo essa notificação:”

Aviso do Instagram a Lugão sobre remoção de sua foto
Aviso do Instagram a Lugão sobre remoção de sua foto

“O Instagram removeu uma foto de dois homens se beijando porque isso vai contra as diretrizes da comunidade. Homofobia”, disse.

Mas o Instagram, depois do ocorrido, se posicionou afirmando ter cometido um erro.

"Não toleramos nenhum tipo de discriminação no Instagram e, nesse caso, cometemos um erro ao remover a publicação em questão. Pedimos desculpas pelo ocorrido, o conteúdo já foi restaurado", disse a rede social em nota enviada ao UOL.

O Instagram salientou seu compromisso com a manutenção de uma “comunidade global e diversa”, mas o episódio foi o suficiente para acender as críticas contra a plataforma, que é propriedade do Facebook.

Nos últimos meses, a empresa de Mark Zuckerberg tem sido alvo de protestos por ter políticas e mecanismos fracos para combater a propagação de discurso de ódio, principalmente racial e contra o público LGBTQIA+.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube