Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.264,97
    -193,41 (-0,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

INSS vai pagar R$ 1,26 bilhões em valores atrasados

Brazilian money, hundred and fifty Reais
O dinheiro deve ser pago a beneficiários que ganharam ações judiciais (Getty Image)
  • O INSS vai desembolsar 1,26 bilhões de reais para quitar dívidas

  • Esses pagamentos são realizados via Requisições de Pequeno Valor

  • Mais de 63 mil pessoas devem ser beneficiadas

Beneficiários que têm valores atrasados para receber do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem receber o dinheiro em breve.

Para quitar quitar dívidas previdenciárias e assistenciais, como revisões de aposentadorias, auxílios-doença e pensões, o instituto deve desembolsar 1,26 bilhões de reais. As ações de 63.522 pessoas foram julgadas em abril passado e não cabe mais recurso.

Apenas nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, área do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), o Conselho da Justiça Federal (CJF) destinou R$ 99,5 milhões. Essa quantia será destinada para quitar dívidas de processos judiciais de 6.290 pessoas.

O órgão declarou ao portal Ig que "a praxe é que o dinheiro seja depositado no mês seguinte ao da liberação (no caso, junho) e esteja disponível para saque a partir do quinto dia útil do mês subsequente ao do depósito (julho)".

Esses pagamentos são realizados via Requisições de Pequeno Valor (RPVs), ordens de pagamento limitadas a 60 salários mínimos (R$ 72.720). Os valores são depositado em contas abertas pelo próprio Tribunal no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal em nome do ganhador da ação.

É importante ressaltar que herdeiros do beneficiário da ação têm direito a receber os atrasados. "Cabe a cada Tribunal regional estabelecer o cronograma de pagamentos das RPVs", disse o Conselho da Justiça Federal.

Todas as consultas sobre os valores a receber podem ser feitas nas páginas dos respectivos tribunais na internet através dos sites oficiais de cada região. Para facilitar a pesquisa, os segurados devem ter o número do requerimento do processo ou do CPF do ganhador do processo ou o número da ação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos