Mercado fechará em 5 h 34 min
  • BOVESPA

    109.225,17
    +737,29 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.612,27
    +93,97 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,55
    -0,73 (-0,66%)
     
  • OURO

    1.853,60
    +11,50 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    30.171,26
    +176,07 (+0,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,71
    +1,84 (+0,27%)
     
  • S&P500

    3.936,62
    +35,26 (+0,90%)
     
  • DOW JONES

    31.688,15
    +426,25 (+1,36%)
     
  • FTSE

    7.482,74
    +92,76 (+1,26%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.855,00
    +14,25 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1153
    -0,0375 (-0,73%)
     

INSS libera extrato com reajuste para todos os benefícios ativos

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - App Meu INSS. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - App Meu INSS. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os mais de 36 milhões de beneficiários que recebem aposentadorias, pensões por morte, auxílios e outros benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem consultar o extrato de pagamentos de janeiro, que mostra o valor da renda previdenciária com o reajuste anual. O INSS informou que concluiu a liberação dos extratos de pagamento de janeiro para todos os benefícios ativos.

O extrato é consultado pelo Meu INSS, sistema que exige um cadastro prévio para quem ainda não tem senha registrada. A consulta é importante para o beneficiário verificar os descontos feitos e se há alguma cobrança indevida. O extrato informa quanto será pago de Imposto de Renda, para quem não é isento, além de valores de parcelas de empréstimo consignado ativo e de pagamentos a associações, se houver.

*

COMO CONSULTAR SEU EXTRATO DE PAGAMENTOS

- Acesse o site www.meu.inss.gov.br ou o aplicativo oficial Meu INSS no celular;

- Digite o número do CPF e a senha;

- Se for a primeira vez, será preciso se cadastrar e responder a algumas perguntas sobre seu histórico de contribuições;

- Na tela inicial, ao centro, após clicar no ícone em que aparece um olho, o sistema informará o número de benefício, a competência, o valor e a previsão de pagamento;

- O novo extrato se refere à competência de janeiro de 2022. Clique em "Detalhar";

- Selecione o benefício que está ativo e, na tela seguinte, vá em "Extrato de Pagamento";

- Clique sobre a competência 01/2022. Nessa linha já aparecem o valor a ser recebido (com descontos, se houver) e a data de pagamento;

ENTENDA O EXTRATO

- Valor total de mr do período: É o valor do benefício bruto, com o reajuste anual, antes dos descontos;

- Consignação empréstimo bancário (se houver): desconto de empréstimos consignados que o segurado tiver em andamento;

- Abatimento a beneficiário maior de 65 anos: Aposentados e pensionistas a partir de 65 anos têm cota extra de isenção do Imposto de Renda sobre o valor do benefício, ou seja, pagam menos IR;

- Imposto de Renda retido na fonte: desconto do IR, se houver;

- O INSS também informa o banco e a agência de pagamento;

DATAS DE PAGAMENTO

Os depósitos dos benefícios com o novo salário mínimo de R$ 1.212 começaram a ser feitos nesta terça (25) e seguirão até o dia 7 de fevereiro. O salário mínimo vigente em 2022 é o novo valor mínimo pago pelo INSS a aposentados, pensionistas, beneficiários de auxílio-doença e do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Ou seja, o INSS aumenta os benefícios de R$ 1.100, em 2021, para R$ 1.212, em 2022.

Os benefícios acima do piso serão pagos entre os dias 1º e 7 de fevereiro já com o reajuste anual de 10,16%, que corresponde à inflação medida em 2021 pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos