Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.486,01
    +1.576,40 (+1,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.684,86
    +1.510,80 (+3,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,53
    -0,02 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.784,00
    +24,10 (+1,37%)
     
  • BTC-USD

    17.152,90
    +692,77 (+4,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,06
    +5,37 (+1,34%)
     
  • S&P500

    4.080,11
    +122,48 (+3,09%)
     
  • DOW JONES

    34.589,77
    +737,24 (+2,18%)
     
  • FTSE

    7.573,05
    +61,05 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    12.068,00
    +25,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3965
    -0,0601 (-1,10%)
     

INSS: como será calculado 13º de quem recebe auxílio-doença

INSS: 13º do auxílio-doença será pago de maneira proporcional aos meses recebidos
INSS: 13º do auxílio-doença será pago de maneira proporcional aos meses recebidos
  • Medida foi anunciada pelo governo nas últimas semanas;

  • Intuito é injetar R$ 56,7 bilhões na economia;

  • Pagamento do 13º pelo INSS será feito de maneira proporcional .

Foi anunciado nesses últimos dias a antecipação do 13º salário para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS). Os beneficiários receberão o adiantamento em duas parcelas iguais, metade na folha de pagamento do mês de abril, entre os dias 25 de abril e 06 de maio, e a outra metade na do mês de maio, entre os dias 25 de maio e 07 de junho.

De acordo com dados do governo, serão beneficiadas cerca de 30 milhões de pessoas em todo o Brasil. A medida foi criada com o intuito de injetar na economia cerca de R$ 56,7 bilhões. Aliado a isso, o governo também decretou a liberação de saques de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Auxílio-doença será pago de maneira proporcional

Para pensionistas que recebem o auxílio-doença, o 13º não virá no valor integral de um mês de auxílio, como é o caso, por exemplo, da aposentadoria ou do auxílio-acidente, que é vitalício.

O valor pago será calculado de maneira proporcional aos meses de duração do auxílio, isto é, dividindo o valor total do benefício por 12, e multiplicando pela quantidade de meses em que foi recebido o dinheiro.

Por exemplo, se foi está sendo pago um auxílio-doença por 6 meses, deverá se dividir o valor do benefício, R$ 1.212, por 12, resultando R$ 101. Após isso, deve-se multiplicar esse resultado por 6, chegando a R$ 606. Este será o valor de 13º a receber, lembrando que ele será pago em duas parcelas iguais, ou seja, uma em abril de R$ 303, e outra em maio de R$ 303.