Mercado fechado

INSS anuncia aumento de 30% em capacidade de atendimento do telefone 135

Lu Aiko Otta
·1 minuto de leitura

Usuários enfrentam dificuldades para agendar e reagendar atendimentos presenciais Marcello Casal Jr./Agência Brasil Diante das dificuldades enfrentadas pelos usuários para agendar e reagendar atendimentos presenciais nos postos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o órgão anunciou nesta quarta-feira que aumentará em 30% a capacidade de atendimentos do telefone 135, com a contratação de uma nova central. “Além disso, informamos, devido ao excesso de demanda provocado pelos acontecimentos da última semana, que gerou busca imediata por agenda e informações, o INSS fará reagendamentos automáticos e avisará ao segurado através de ligações”, informou o Ministério da Economia, por meio de nota. “O INSS ligará para todos os segurados que possuam o cadastro correto até sexta-feira, informando sobre o novo reagendamento.” O ministério alerta que nessas ligações não serão solicitados dados bancários ou de benefício. Ou seja, o segurado deve estar atento a tentativas de golpe. Aqueles segurados que não receberem a ligação até a próxima sexta-feira deverão ligar para o 135 ou utilizar o serviço “Meu INSS” a partir da próxima semana para remarcar seu horário de atendimento. É possível que o INSS não consiga entrar em contato com pessoas precisam de reagendamento. Isso pode ocorrer, por exemplo, se o número de telefone informado no cadastramento estiver incorreto ou desatualizado. O INSS contratou uma plataforma centralizada de comutação, que deverá reduzir o tempo de espera no 135. Essa plataforma transfere a ligação automaticamente para a central que estiver menos ocupada no momento.