INPC divulgado nesta 5ª eleva teto de benefícios do INSS

O novo teto da Previdência Social para os benefícios com valor acima do salário mínimo será de R$ 4.159,00, segundo informou há pouco o Ministério da Previdência. O valor é R$ 2,00 maior do que o anunciado ontem por meio de portaria dos ministérios da Previdência e da Fazenda. Isso porque a portaria levou em conta o INPC de 6,15%, mas, conforme divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na manhã de hoje, o índice usado na correção fechou 2012 um pouco mais alto, em 6,20%. Por isso a diferença do cálculo.

Amanhã os dois ministérios republicarão a portaria com o os novos valores do índice de reajuste desses benefícios e a nova tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador.

A Previdência calcula que com o INPC de 6,20%, os 9,2 milhões de benefícios acima do piso previdenciário representarão impacto líquido de R$ 9,2 bilhões para os cofres públicos. Já o novo salário mínimo, de R$ 678, atinge 20 milhões de benefícios e representa impacto líquido de R$ 10,7 bilhões no Regime Geral de Previdência Social (RGPS) pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2013.

Carregando...