Mercado abrirá em 6 h 44 min
  • BOVESPA

    107.937,11
    -1.004,57 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,33 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    36.087,52
    +109,62 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,53
    +10,93 (+1,35%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.113,13
    -475,24 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    14.318,50
    -182,50 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2127
    -0,0160 (-0,26%)
     

Inglaterra relata forma rara de contágio da gripe aviária em humanos

·1 min de leitura

Em meio a um período tão conturbado na área da saúde, a Inglaterra trouxe à tona mais um motivo de preocupação ao relatar, nesta quinta (6), uma forma rara de contágio da gripe aviária em humanos. Segundo a UK Health Security Agency (agência de saúde do Reino Unido), um paciente não-identificado pegou a doença diretamente de aves infectadas, mas essa infecção de ave para humano é bem incomum.

Segundo os especialistas, as infecções humanas com a cepa H5N1 são realmente raras e ocorrem pelo contato direto e de longo prazo com aves. "A pessoa se contagiou como resultado de um contato regular com um grande número de aves infectadas em sua casa e nos arredores, durante um longo período de tempo", informa o órgão.

“Atualmente não há evidências de que esta cepa detectada no Reino Unido possa se espalhar de pessoa para pessoa, mas sabemos que os vírus evoluem o tempo todo e continuamos a monitorar a situação de perto. Acompanhamos todos os contatos desse indivíduo e não identificamos nenhuma propagação posterior", afirma a professora Isabel Oliver, diretora científica da UKHSA.

Caso de contágio incomum registrado na Inglaterra preocupa especialistas (Imagem: Rawpixel/Envato)
Caso de contágio incomum registrado na Inglaterra preocupa especialistas (Imagem: Rawpixel/Envato)

Ainda assim, as autoridades do Reino Unido orientam a população a tomar cuidado: “É fundamental que as pessoas não toquem em pássaros doentes ou mortos", alerta a agência de saúde. De qualquer forma, a UKHSA reforça que o paciente está bem e sob quarentena.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos