Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    -2,46 (-3,33%)
     
  • OURO

    1.812,40
    -5,70 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    39.244,22
    -1.830,44 (-4,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.959,75
    +4,00 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1441
    -0,0439 (-0,71%)
     

Inglaterra levanta quase todas as restrições sanitárias

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O premier britânico, Boris Johnson

A Inglaterra levanta nesta segunda-feira quase todas as restrições ligadas à pandemia, em um dia batizado de "Freedom Day", e apesar do aumento do número de infectados, que preocupa cientistas e políticos.

Desde a 0h local, os estabelecimentos e estádios podem voltar a funcionar com capacidade máxima, as casas noturnas podem aceitar mais pessoas, os pubs podem retomar o serviço de bar, e não há mais limite no número de pessoas que podem se reunir.

O uso da máscara deixa de ser obrigatório, mas é recomendado nos transportes e lojas. O trabalho remoto deixa de ser a norma.

pau/pc/eg/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos